Quando se pensa em alimentação saudável, a palavra “dieta” logo vem à mente. Porém, nem tudo é tão simples quanto parece. Em uma tentativa de perder peso, por exemplo, é comum cortar alguns ingredientes essenciais ao bom funcionamento do corpo. Isso, em vez de tornar a pessoa mais saudável, faz exatamente o oposto.

Sendo assim, é preciso entender que cada alimento tem sua importância para o corpo, seja por meio de vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos, fibras ou até mesmo gorduras (desde que elas sejam as “boas”). Cada um desses nutrientes tem seu próprio papel individual no desenvolvimento físico e mental de quem o consome.

É por isso que ter uma alimentação saudável e equilibrada é tão importante. Sendo assim, para auxiliar suas decisões e controles de refeições de agora em diante, vamos mostrar aqui como uma dieta completa consegue impactar na sua qualidade de vida. Preparado? Separe sua garrafa de água, pegue uma cadeira e venha conosco!

Melhor funcionamento do organismo

Como explicamos, os nutrientes dos alimentos que você come auxiliam nas atividades do dia a dia e protegem as células de danos externos e internos. A proteína, por exemplo, recria o tecido lesionado e promove um sistema imunológico saudável. Carboidratos e gorduras alimentam o corpo e dão energia, enquanto vitaminas e minerais têm funções que, em conjunto, colaboram para o bom funcionamento do organismo.

Por isso, é preciso entender que, sem uma alimentação saudável e diversificada, você pode comprometer qualquer uma dessas funções essenciais para o próprio corpo. Resolver essa questão pode parecer mais fácil do que parece. Basta procurar pela ajuda de um profissional dessa área, como Nutricionista, Nutrólogo ou Endocrinologista.

Prevenção de doenças

Engana-se quem pensa que a obesidade é a única doença provocada pela má alimentação. Acontece que, aqui, ambos os níveis de quantidades (muito ou pouco) de certos nutrientes também podem contribuir para problemas de saúde.

Por exemplo, a falta de cálcio em sua dieta pode predispor um desenvolvimento de osteoporose ou enfraquecimento dos ossos. Muita gordura saturada pode causar doenças cardiovasculares, enquanto a ingestão de poucas frutas e vegetais está associada ao aumento da incidência de câncer na população.

Logo, tenha em mente que o consumo de alimentos bons com uma variedade ampla de fontes ajuda a garantir que seu corpo tenha os nutrientes necessários para evitar esses e outros problemas de saúde.

Aumento da disposição

Curiosidade: as calorias são unidades de energia armazenada por meio dos alimentos. Essa energia é necessária para todas as funções do corpo, incluindo pensamento, atividade física, crescimento e cura.

As proteínas, carboidratos e gorduras, por exemplo, são os blocos de construção dessa energia. Após a ingestão, os carboidratos são transformados em glicose que, por sua vez, fornece energia bruta a ser gasta imediatamente ou armazenada nos músculos para uso posterior.

Contudo, quando pensamos em alimentação saudável, devemos considerar, mais do que nunca, os carboidratos complexos. São eles os grãos integrais, vegetais e frutas. Eles fornecem um equilíbrio de calorias e nutrientes mais consistente que carboidratos simples (porque estes são ricos em calorias, porém, pobres em nutrientes, o que pode ser uma má escolha para a produção de energia).

Sendo assim, uma boa e completa dieta, além de aumentar a disposição da pessoa que a realiza, também contribui para a coleta de nutrientes e minerais diversificados que, em conjunto, colaboram para um bom funcionamento do organismo.

Viu como uma alimentação saudável pode impactar na sua qualidade de vida? Basta ter em mente que tudo o que se ingere provoca impactos diretos e indiretos no nosso corpo. Logo, quando prezamos pela ingestão de alimentos ricos em nutrientes e diversificados, o próprio organismo agradece.

Quer saber mais sobre o assunto? Assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades do mundo da saúde e alimentação!

 


Escreva um comentário

Share This