Mulher com ansiedade sentada no sofá.

Ansiedade tem cura? Confira quais os principais tratamentos para o diagnóstico

Inúmeras são as pessoas que se perguntam se a ansiedade tem cura, afinal, esse é um transtorno que atinge milhões ao redor do mundo. Junto a este questionamento, tantos outros podem aparecer. Exemplos disso são quanto tempo dura o tratamento, quais os sintomas da ansiedade e os tipos do distúrbio. Antes de mais nada, porém, é preciso deixar claro que, mesmo com diversos estudos, ainda não há respostas para todas as perguntas.

A cura definitiva para a doença ainda não foi descoberta, seja para as crises ou para a ansiedade generalizada. O mesmo pode se dizer sobre a depressão, outro dos transtornos que atinge uma boa parcela da população. Mas isso não quer dizer, entretanto, que o paciente deva viver para sempre com esse problema. Inúmeros são os tratamentos que visam diminuir ou, até quem sabe, acabar com o problema.

Por isso, se está interessado em saber se a ansiedade tem cura, é bom ler esse texto e tirar suas dúvidas sobre o tema. Aqui, poderá verificar que, ainda que esta não tenha sido descoberta, há maneiras bastante eficazes de cuidar de seu diagnóstico.

O que é a ansiedade?

O primeiro passo para entender a ansiedade é diferenciá-la do transtorno de ansiedade. A primeira se refere a um sentimento de preocupação e medo, natural do ser humano. O segundo, segundo o próprio Ministério da Saúde, diz respeito a um distúrbio psicológico, o qual traz os mesmos sintomas, porém em excesso e desnecessariamente. Logo, se sentir ansioso para uma prova é normal, mas ter algum receio de sair de casa nem tanto.

homem com camiseta preta com escrito sobre ansiedade e sua cura
Entender a ansiedade é o primeiro passo para iniciar seu tratamento.

Sabendo disso, fica simples entender que buscar a cura da ansiedade não deve ser um objetivo para qualquer pessoa. Nos níveis corretos, esse é um sentimento que pode trazer benefícios, sendo vital para a existência humana. Sua preocupação, portanto, deve se iniciar somente quando este começar a interferir em sua vida.

Outro ponto importante a se esclarecer é que, assim como a felicidade ou tristeza, este é um estado. Assim, não se rotule como uma pessoa ansiosa. No máximo, você se encontra em um momento de ansiedade. Essa é apenas uma forma de se cobrar ainda mais, a qual não trará nada de positivo a você.

Quais são os sintomas da ansiedade?

Definido isso, se faz interessante determinar se o seu caso é de transtorno de ansiedade ou apenas da sensação inerente a qualquer pessoa. Para isso, uma boa ideia é analisar seus sintomas, ou seja, o que você está apresentando para se sentir assim. Para te auxiliar nessa tarefa, a seguir estão alguns dos principais sintomas para esse transtorno. Com base no que for descoberto, será possível buscar não por uma cura para sua ansiedade, mas por tratamentos que aliviem suas consequências.

menina negra sentada chorando na aula de ballet
Boa parte dos sintomas da ansiedade são comuns a diversas outras doenças, o que dificulta seu diagnóstico.

Sintomas físicos

  • Calafrios;
  • Falta de ar;
  • Náusea;
  • Sudorese;
  • Tensão muscular;
  • Tontura;
  • Taquicardia;
  • Tremores.

Sintomas psicológicos

  • Angústia;
  • Esgotamento mental;
  • Exaustão;
  • Falta de foco;
  • Inquietação;
  • Insônia;
  • Medo;
  • Pensamentos catastróficos.

Com base na lista acima, verifique quais desses sinais você apresenta quando se sente ansioso. Mais do que isso, é interessante analisar também a frequência e a intensidade com que eles aparecem. Esses são dois dos fatores que mais auxiliarão em seu diagnóstico e, consequentemente, no tratamento.

O transtorno de ansiedade tem cura ou tratamento?

Agora que compreendeu o que é e quais os sintomas do transtorno de ansiedade, chega o momento de focar em sua cura, ou melhor, tratamento. Como dito acima, não há uma forma garantida de acabar com esse distúrbio. Ainda assim, inúmeros são os métodos — com remédios ou não — possíveis para lidar com a situação. Em muitos casos, é possível diminuir os sintomas a um nível mínimo, ou ainda preparar sua mente para reagir melhor a eles.

embalagens de remédio que dizem ser a cura para a ansiedade não são reais
É possível realizar o tratamento com auxílio de medicamentos ou não.

Para isso, diversas são as práticas existentes, as quais podem se ligar a diferentes partes de sua vida. Isso se dá porque, em geral, o transtorno de ansiedade é proveniente de traumas e pensamentos de vários locais e momentos. Como uma forma de te auxiliar, então, a seguir você descobrirá alguns dos mais comuns, mas eficientes, tratamentos para o transtorno. Para verificar uma lista completa desses tratamentos, acesse O que fazer para controlar a Ansiedade.

  • Tratamento psicológico;
  • Fortalecimento dos pensamentos;
  • Alterações na rotina;
  • Exercícios físicos e meditação;
  • Auxílio médico.

Tratamento psicológico

Talvez o termo tratamento psicológico possa parecer pesado, ou ainda muito sério para você. A realidade, porém, é que não há nada com o que se preocupar, já que esta é a famosa terapia. Bastante difundida na sociedade atual, se apresenta como uma das melhores formas de tratar não somente a ansiedade, mas diversas situações de sua vida.

homem chorando com as mãos no rosto enquanto participa de uma sessão de terapia psicológica
A terapia é uma das melhores maneiras de compreender o distúrbio e suas causas.

Para isso, é bom buscar por um profissional capacitado, um psicólogo calmo e que te auxilie ao longo desse processo. Este é um espaço livre de julgamentos e pressões, visto que o objetivo é, justamente, compreender seus traumas e buscar por formas de fortalecer sua mente. Com isso, os problemas podem até continuar, mas você estará mais preparado para lidar com eles.

Fortalecimento dos pensamentos

Focando nesta última parte do item anterior, é bom destacar que esse fortalecimento dos pensamentos não depende, exclusivamente, da terapia. A grande verdade é que esse é um exercício diário, o qual depende apenas de você para trazer benefícios. Novamente, ele não trará a cura da ansiedade, mas ajudará muito.

mulher pensativa em espaço aberto fortalecendo seus pensamentos sobre ansiedade e sua cura
Evitar pensamentos negativos é muito importante para o tratamento.

Basicamente, então, esse tratamento tem a ver com treinar sua mente para duas coisas essenciais. A primeira se refere à forma como você vê e compreende o que ocorre ao seu redor. Ao perceber a positividade do mundo, fica mais simples diminuir suas crises. A segunda, por sua vez, é uma consequência desta, a qual tem como objetivo alterar e melhorar a maneira como você reage aos ocorridos.

Alterações na rotina

Juntamente aos dois passos descritos acima, se faz necessário dar uma atenção especial à sua rotina. Aqui, destacam-se diversos aspectos de sua vida que, separados, podem não significar muito. Juntos, porém, se apresentam como excelentes ferramentas para diminuir a frequência e a intensidade de suas crises. A explicação básica para isso é que eles te ajudam a relaxar.

rotina sendo organizada manualmente em uma folha de papel
Organizar sua semana é uma etapa simples e que pode trazer muitos benefícios.

Com este fim, algumas boas dicas são regular seu sono, dormindo bem e por um bom período diariamente. Em seguida, a preocupação com a alimentação também é vital, em especial para auxiliar seu organismo a lidar com os acontecimentos externos. Por fim, a organização da rotina em si é excelente para controlar seus medos, prever possíveis desafios e definir seu foco.

Exercícios físicos e meditação

Os dois pontos principais deste tópico poderiam, tranquilamente, estar ao lado dos fatores citados acima. Ainda assim, tanto os exercícios físicos quanto a meditação trazem tantas vantagens que merecem um tópico somente seu. Por isso, ao planejar sua rotina, não deixe de adicioná-los, preferencialmente em ao menos três dias da semana.

mulher fazendo exercícios físicos abdominais deitada em um tapete de academia
Investir em rotina de exercícios físicos é benéfico para sua saúde física e mental.

Estas são práticas que não trarão a cura da ansiedade, mas te ajudarão de inúmeras formas, físicas, químicas e psicológicas. Isso se dá porque ambas as atividades fazem seu corpo liberar hormônios que trazem alívio e felicidade. Além disso, são ótimas formas de se distrair, alongar seus músculos e pôr todo o resto em perspectiva. Mais do que isso, podem trazer benefícios a diversos aspectos de sua vida.

Auxílio médico

Dependendo da gravidade de suas crises, o mais indicado pode ser buscar por algo mais profissional. Nesse caso, o especialista em transtornos de ansiedade é o psiquiatra ou psicólogo, o qual te auxiliará nessa jornada. Uma dica interessante aqui, porém, é procurar por um que o escute bastante, tente entender sua situação e seus sintomas sem pressa. Lembre-se que este é um tratamento importante e que deve ser feito com calma e tranquilidade.

placa com escrito sobre serviços de saúde mental, como a busca pela cura da ansiedade
Buscar ajuda profissional é indicado e um sinal de força e vontade de se recuperar.

É comum que esses profissionais passem a você medicamentos, os quais têm como objetivo ser um suporte para sua caminhada. Ainda que possam trazer efeitos consigo, em geral ajudam no processo, facilitando o trabalho de todos os tópicos citados acima. Independentemente disso, entretanto, é bom manter um acompanhamento constante e, sempre que preciso, informar qualquer situação ao médico.

Afinal, ansiedade tem cura?

Como explicado ao longo deste texto, infelizmente não é possível afirmar que o transtorno de ansiedade tem cura. Isso não quer dizer, porém, que os pacientes com esse distúrbio estejam fadados às crises constantes. Você já descobriu que inúmeras são as maneiras de se tratar o diagnóstico e ainda melhorar sua qualidade de vida. E isso com atividades que podem facilmente ser adicionadas em sua rotina cotidiana.

Agora, chegou o momento de tirar todas essas sugestões do papel e colocá-las em prática. Para isso, você pode iniciar com uma, testando sua eficiência e a forma como você se sente. Em seguida, pode adicionar outra das dicas, ou ainda substituir a primeira se não estiver lhe auxiliando. Lembre-se, porém, que o tratamento para a ansiedade é um processo longo e constante. Relaxe, não se cobre e busque sua melhora sem pressa.

Precisa de ajuda para diagnosticar e tratar o transtorno de ansiedade? Aqui no BoaConsulta você encontra os melhores psicólogos especialistas em ansiedade, agende sua consulta online ou presencial.

Histórias recentes

Postagens similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.