Mulher adulta com assadura nas costas.

Assadura em adultos: o que é, sintomas, diagnóstico e prevenção!

O corpo humano tem uma série de reações que, eventualmente, acabam sendo mais frequentes em determinadas fases da vida, até mesmo por conta dos hábitos ou de questões orgânicas relacionadas com a idade do indivíduo. No entanto, você já tinha ouvido falar que a assadura em adultos pode ser relativamente comum? Continue lendo para entender melhor.

Trata-se de um quadro que pode ser bastante incômodo, sobretudo, quando não tratado adequadamente. Por outro lado, com um pouco mais de conhecimento e com a ajuda de um profissional de saúde especializado, também é possível prevenir o problema. Continue lendo o post e aprenda mais sobre o assunto!

O que é uma assadura?

A assadura é um tipo de reação da pele, geralmente, relacionada com algum tipo de agressão ou alteração. É muito comum em bebês, mas também pode acontecer, ao contrário do que muita gente pensa, em adultos. Embora as causas possam ser distintas, o resultado é sempre o mesmo: a região fica avermelhada, dolorida e bem sensível.

Nos pequenos, o problema comumente ocorre pelo contato com o material da fralda ou com enzimas presentes na urina e nas fezes. Já em homens e mulheres, ela pode ocorrer em decorrência de transpiração excessiva, substâncias químicas, alergias e de obesidade, que provoca dobras que podem reter umidade.

As roupas apertadas usadas no dia a dia também podem ser um fator causador, especialmente, quando não são feitas de materiais como o algodão, que é naturalmente antialérgico. O elastano e similares, por exemplo, não permitem uma boa ventilação, favorecendo a proliferação de fungos e algumas bactérias, que podem agravar a situação.

Quais os sintomas e riscos da assadura em adultos?

Os sintomas da assadura em adultos podem variar de acordo com a pessoa, a causa e o local do problema. Quando a alteração surge em regiões articuladas, por exemplo, é bem provável que a movimentação acabe gerando mais incômodos do que ocorreria em uma área mais protegida, que não fique tão exposta ao contato ou agressões externas.

Ilustração com assaduras na pele.
Os sintomas de assadura são manchas vermelhas e ardência intensa em uma região da pele.

A sintomatologia clássica envolve vermelhidão na parte afetada e uma variável sensação de ardência, que pode ir desde uma discreta queimação até um intenso ardor. A coceira também se faz presente, assim como uma grande sensibilidade. Em casos mais graves, podem ocorrer feridas que resultam em dores bastante desagradáveis.

Como é feito o diagnóstico da assadura em adultos?

O diagnóstico de uma assadura em adultos não tende a ser muito complexo e, via de regra, pode ser feito por graduados das mais diversas especialidades médicas. Basta observar a área afetada e colher o histórico do paciente, uma vez que o contorno é bem característico e não costuma exigir muito mais do que uma simples análise clínica.

Médico examinando assadura em paciente.
O diagnóstico de assadura é feito por análise clinica.

No entanto, isso não quer dizer que não possam ser solicitados alguns exames para que se chegue às causas de tal condição. Como dissemos, em obesos, as dobras podem ser a origem do quadro, assim como o atrito em praticantes de corrida, alimentos em indivíduos alérgicos e assim por diante. Com as devidas informações, é possível estabelecer o diagnóstico correto.

Como prevenir a assadura em adultos?

Agora, você já está mais familiarizado com o conceito de assaduras, descobriu quais são os seus principais sintomas e como o diagnóstico é feito em adultos. Para completar os seus conhecimentos, vamos dar algumas dicas úteis para que você não sofra com o problema. Veja!

Capriche na rotina de higiene

O primeiro passo, e uma das maiores recomendações dos dermatologistas no que diz respeito a evitar assaduras em adultos, é caprichar bastante na rotina de higiene. Afinal, em muitos casos, o surgimento do problema está relacionado com a manutenção da umidade em alguma área do corpo e a proliferação de fungos e bactérias.

Pessoa fazendo higieni pessoal.
Cuidar a higiene pessoa é fundamental para prevenir assadura.

Especialmente em um país com clima tropical como o Brasil, isso pode ser ainda mais importante. Além do banho todos os dias, é preciso usar um sabão ou sabonete adequado. Depois, ao terminar, é crucial secar bem todas as regiões, principalmente, locais como virilha e axilas, que são propensas ao acúmulo de microrganismos.

Cogite a depilação de certas áreas

Uma das dúvidas mais comuns que as pessoas tem à respeito da depilação definitiva é se ela ajuda a manter uma pele mais saudável ou não. No caso de assaduras, essa é uma excelente opção, pois diminuirá a fricção da área em questão com o tecido, deixando a pele menos irritada e proporcionando maior conforto.

Se você não utilizar um método duradouro para a remoção dos pelos, vale lembrar que não deve se depilar pouco tempo antes da atividade física. Caso isso seja inevitável, o ideal é adotar algumas medidas, como a utilização de cremes que funcionem como barreiras nos locais de atrito, como os bastões antiassaduras.

Priorize roupas de tecidos leves

Outra atitude essencial para evitar assadura em adultos é, como dissemos anteriormente, priorizar o uso de roupas leves e de tecidos que não favoreçam a proliferação de fungos e bactérias. O uso por muito tempo de malhas mais grossas, como o jeans, poderia auxiliar no aparecimento do problema.

Vale ressaltar, também, que a lavagem de roupas íntimas é muito importante, pois elas podem favorecer o surgimento de dermatites friccionais. É crucial utilizar o sabão sem excessos e evitar adicionar amaciantes nessas peças. Além disso, uma boa prevenção demanda um excelente enxague e secagem adequada.

Cuide da hidratação e da alimentação

Por fim, para evitar a assadura em adultos, também é muito importante ter uma hidratação adequada. Isso é imprescindível porque, quando estamos desidratados, nossa pele tende a ficar mais sensível e propensa a problemas. Na média, dois litros por dia costuma ser o suficiente, mas isso varia de pessoa para pessoa e com o clima da região.

A alimentação não pode ser excluída, e fontes de líquidos, como frutas, podem ser um ótimo complemento. Além disso, você deve evitar o excesso de pratos muito ácidos ou condimentados, pois eles podem agredir a derme e favorecer o surgimento do quadro. Portanto, basta ingeri-los com parcimônia.

Mulher jovem bebendo agua em garrafa.
Cuidar da hidratação é fundamental para evitar assaduras.

Como você pôde ver, a assadura em adultos pode ser um problema bastante incômodo, especialmente, se você não souber como evitar o seu agravamento.

Você está procurando um dermatologista? Aqui no BoaConsulta você encontra os melhores Médicos dermatologistas! Seja para consultas presenciais ou online.

Histórias recentes

Postagens similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.