Autor

BoaConsulta

Browsing

Conheça as 5 consultas de rotina mais importantes!

Com qual frequência você costuma ir ao médico? Será que foi ao menos uma vez no último ano? Bem, esse é um tipo de autocuidado importante colocar em prática. Porém, nem sempre as pessoas realizam consultas de rotina.

Na verdade, a visita regular ao médico não é um hábito muito observado — e isso tem suas implicações! Algumas doenças são silenciosas, só apresentando sintomas quando estão avançadas.

Você sabe como funciona a telemedicina pediátrica? Entenda aqui!

As recentes restrições de locomoção e a necessidade de isolamento social originada pela pandemia do novo coronavírus não apenas mudaram muitos dos nossos hábitos do cotidiano, mas também impactaram a forma como interagimos com alguns profissionais. Sendo assim, aprender como funciona a telemedicina pediátrica pode ser muito importante. Os cuidados precisam ser ainda mais reforçados por quem tem filhos, o que faz com que a possibilidade de um atendimento especializado, mesmo realizado a distância, seja algo extremamente valioso e que pode ajudar nos mais diversos aspectos da saúde das crianças. Continue lendo o post e aprenda mais sobre o tema! Como se deu o crescente uso da telemedicina? A telemedicina era um conceito que vinha ganhando espaço na área da saúde nos últimos anos, principalmente por conta dos avanços que obtivemos nos sistemas de comunicação e na transmissão de imagens de alta qualidade em tempo real. No entanto, é inegável…

Descubra quando procurar um clínico geral é a melhor opção

Com o avanço da ciência e da medicina o ser humano tem se tornado cada vez mais capaz de tratar e curar enfermidades, com isso o surgimento de profissionais médicos especializados tornou-se cada vez mais comum.

No entanto, existe um profissional da saúde, o médico clínico geral, capaz de lidar com uma diversidade enorme de patologias que afligem os seres humanos, bem como fazer direcionamentos para especialistas.

Afinal, ir ao médico na pandemia ou adiar a consulta?

Sem dúvidas, o coronavírus é o maior problema de saúde que o mundo enfrentou nos últimos anos. Porém, não podemos nos esquecer que as outras moléstias de saúde continuam existindo. Então, não deixe de ir ao médico na pandemia! Se você tem uma doença crônica ou se chegou o momento de realizar exames de rastreio, procure por atendimento. O mesmo vale caso você comece a se sentir mal com algo específico e precise de uma ajuda mais imediata. Porém, tudo isso deve ser feito de forma bastante consciente e seguindo os protocolos de saúde. Por isso, vamos listar algumas medidas essenciais para poder ir ao médico na pandemia e manter os cuidados necessários. Confira! Use a máscara corretamente O primeiro passo importante deve ser feito antes mesmo de sair de casa: coloque a máscara! O uso do equipamento ajuda a conter a disseminação do vírus nas regiões de transmissão comunitária.…

Março Lilás: conheça a campanha de prevenção ao câncer de colo de útero

Você sabia que março é o mês da campanha de prevenção do câncer de colo de útero? Além de estar relacionado ao Dia Internacional da Mulher, o mês, como Março Lilás, é dedicado também à campanha de prevenção do tumor maligno que afeta a parte inferior do útero. A doença é uma das maiores causas de morte por câncer entre as mulheres no mundo. Um dos principais fatores que levam ao desenvolvimento do câncer de colo de útero é o vírus HPV (Papilomavírus Humano), que infecta a pele e mucosas e é transmitido por meio de relações sexuais. Existem mais de 200 tipos de HPV, mas somente 14 podem causar câncer. Continue lendo o post e aprenda mais sobre esse importante tema! Afinal, o que é o Março Lilás? O Março Lilás é uma campanha que tem o intuito de levar mais informações para as mulheres e para o público…

Home-office: Os desafios do teletrabalho durante a pandemia

De acordo com um estudo elaborado pela Fundação Instituto de Administração (FIA) que coletou dados de 139 pequenas, médias e grandes empresas que atuam em todo o Brasil, 46% dos negócios adotaram home-office durante a pandemia da Covid-19.

A mudança drástica foi necessária, mas também arriscada. De um dia para o outro, milhões de pessoas tiveram que equilibrar sua rotina em casa entre o cuidado com as crianças e as responsabilidades com o trabalho.