Menina com imunidade baixa.

Descubra como fortalecer a imunidade em 10 dicas simples, fáceis e rápidas de se aplicar em seu dia a dia!

Imunidade é uma palavra que ganha mais destaque a cada dia. Se antes era conhecida por poucos, agora, a maioria das pessoas sabe seu significado: mecanismo de defesa do corpo contra substâncias estranhas (vírus, bactérias, fungos etc.). Assim, sua importância fica tão clara quanto o desejo de melhorá-la.

Esse novo entendimento do que é e da importância do sistema imunológico, bem como o surgimento da pandemia do novo coronavírus, trouxeram o desejo coletivo de saber como melhorar a imunidade para manter o corpo fortalecido e, assim, combater esses inimigos invisíveis que trazem tantos riscos à saúde, como infecções, dores, febre e muitos outros problemas que a imunidade baixa pode causar.

Felizmente, existem formas de deixar o sistema imune fortalecido, e vamos conhecê-las abaixo!

1. Adotar bons hábitos de saúde

Os hábitos saudáveis melhoram a saúde na totalidade, e ajudam o corpo a combater os agentes causadores de doenças:

  • Tomar 35 ml de água por quilo de peso;
  • Evitar doces e comidas gordurosas;
  • Ingerir alimentos saudáveis;
  • Praticar atividades físicas;
  • Evitar bebidas alcoólicas;
  • Dormir bem;
  • Não fumar etc.

2. Realizar exames de rotina

Os exames de rotina mostram como está o sistema imunológico e a saúde em geral. É possível, por exemplo, saber como está o nível das vitaminas e dos minerais no organismo. O médico pode solicitar dosagens de vitamina C, de zinco e outros elementos cruciais para uma boa imunidade.

3. Evitar o uso desnecessário de medicamentos

Usar remédios sem a real necessidade pode afetar os anticorpos, proteínas do sistema imunológico que atuam na defesa do organismo. Usar indevidamente antibióticos, por exemplo, diminui nossa resistência a bactérias.

Foi por esse motivo que esse tipo de remédio passou a ser controlado, só podendo ser comprado com apresentação de receita médica ou de cirurgião-dentista.

4. Ingerir vitaminas e minerais em níveis adequados

As vitaminas e os minerais ajudam a melhorar a imunidade, deixando o corpo mais saudável e, assim, apto a combater os agentes externos, quando entram em nosso organismo. Descubra os principais elementos conhecidos como antioxidantes presentes nos alimentos.

Vitamina C

Pesquisas mostram que a vitamina C é fundamental para aumentar o sistema imune, sendo eficaz para prevenir e combater diversas doenças respiratórias e pulmonares. O ácido ascórbico participa do desencadeamento de várias reações metabólicas e da síntese de anticorpos. Com isso, essa vitamina protege nosso corpo contra infecções e inflamações causadas por agentes nocivos.

A vitamina C é encontrada, principalmente, em frutas cítricas, como limão, laranja, abacaxi, além de acerola, morango, caju, goiaba, tomate, entre outros. É importante salientar que, para aproveitá-la, o alimento precisa ser consumido cru ou em sucos recém-preparados.

Vitamina E

A vitamina E é outro nutriente importante para quem quer melhorar a imunidade. Ela diminui danos oxidativos celulares causados por radicais livres. O tocoferol está presente em semente e óleo de girassol, azeite, vegetais verdes escuros e amendoim.

Vitamina A

No sistema imune, a vitamina A age na saúde e integridade das nossas barreiras contra agentes invasores: pele e mucosas (boca, olhos, nariz, órgãos genitais e intestino), principais locais de contato com o mundo exterior. Além disso, o retinol estimula a produção de anticorpos e substâncias relacionadas à resposta anti-inflamatória.

Boas fontes de Beta-caroteno (precursor da vitamina A) são cenoura, abóbora, babata-doce, manga, pimentão vermelho, mamão e ovo.

Zinco

Esse mineral, comprovadamente, melhora a imunidade por suas ações bioquímicas (a química que acontece dentro do nosso corpo). Assim, o zinco inibe a ação da NADPH oxidase — complexo de proteínas causadoras de estresse oxidativo —, diminuindo os radicais livres. A suplementação de zinco ainda reduz certos marcadores que causam oxidação, processo químico que resulta em radicais livres.

5. Tomar sol diariamente

O sol é a principal maneira de obter vitamina D, um antioxidante capaz de evitar as infecções, atuando sobre células do sistema imunológico chamadas linfócitos. O colecalciferol ainda estimula a síntese de citocinas — glicoproteínas que ativam, mediam ou regulam a resposta imune total.

Mulher jovem tomando sol para melhorar a imunidade.
A exposição por 15 minutos diariamente ao sol, ajuda a repor a vitamina D.

Seu desequilíbrio pode, inclusive favorecer doenças como a pneumonia, bronquite e retardar cicatrizações. Para obtê-la plenamente, é recomendável permanecer sob o sol todos os dias durante 15 minutos, com braços e pernas à mostra.

Segundo matéria do Fleury, essa exposição deve ser sem filtro solar e, preferencialmente, entre 12 e 14 horas, quando o sol emite o precursor da vitamina D com mais intensidade. Após esses minutos, devemos reaplicar o filtro solar.

6. Relaxar com mais frequência

Para fortalecer a imunidade, é fundamental apostar em momentos de relaxamento, fazendo as atividades de lazer de que mais gosta e se desconectando por alguns períodos das redes sociais e das notícias. Isso porque o cansaço excessivo libera o hormônio do estresse, conhecido como cortisol.

Ilustração de atividades de lazer para combater o estresse.
Procurar atividade de lazer para combater o estresse ajuda a equilibrar a imunidade.

Essa substância age em diversos sistemas do nosso organismo, relacionando-se com diabetes, doenças cardíacas, câncer, entre outros. Por isso, relaxe, medite, passeie em meio à natureza ou algo mais que dê prazer e relaxamento.

7. Evitar o estresse desnecessário

Anteriormente, citamos o estresse e seu hormônio resultante, que prejudica a imunidade, e aconselhamos o relaxamento. Contudo, há momentos que podem ser estressantes, mas que são inevitáveis, como o trabalho, por exemplo.

O ideal é encontrarmos maneiras de lidar com essas horas da melhor forma possível, como diminuir o contato com pessoas que nos incomodam e fazer terapia para aprender a lidar com tais situações.

8. Beber chás antioxidantes

Alguns alimentos e ervas têm efeitos antioxidantes e vale a pena incluir esses ingredientes em nosso dia a dia em forma de chá para melhorar a imunidade. Dentre os antioxidantes estão: chá verde, hibisco, gengibre, canela e cúrcuma (açafrão). Eles auxiliam o metabolismo na defesa do organismo.

9. Abandonar dietas muito restritivas

Quando fazemos dietas muito restritivas, o corpo sente falta de alguns nutrientes, muitos deles, fortalecedores da imunidade, podendo resultar em diversas doenças. Por isso, quando precisar emagrecer, conte com a ajuda de um médico endocrinologista, de um nutrólogo e de um nutricionista para que o corpo continue nutrido, mesmo durante a dieta.

10. Durma bem

Com a rotina cada vez mais corrida, tornando necessário nos dividir cada vez mais entre as tarefas, ações básicas como ter uma boa noite de sono começam a ser comprometidas.

Seja por jornadas duplas entre estudos e tarefas domésticas ou mesmo por preocupações do dia a dia, que podem provocar insônia, bem como hábitos de usar o celular perto da hora de dormir.

Pessoas dormindo bem.
Dormir bem é muito importante para a manutenção da imunidade.

Mas se você deseja fortalecer a sua imunidade, procurar ter uma boa noite de sono é o primeiro e mais fundamental passo, pois com o sono ruim, ocorre o desequilíbrio do sistema imunológico, bem como a facilitação de estresse e debilitação do corpo.

Portanto, invista em dormir entre 6 e 8 horas todas as noites, para isso, evite televisões, celulares, atividades físicas e bebidas energéticas próximo ao horário de dormir.

Após descobrirmos como melhorar a imunidade, a última dica é consultar um médico clínico geral anualmente. Ele solicitará diversos exames de rotina e, dependendo do resultado, nos encaminhará para um especialista. Os profissionais mais indicados para avaliar a baixa imunidade são o clínico geral, o médico de família ou o imunologista.

Se você estivar sentindo algo diferente em seu corpo, lembre-se que aqui no BoaConsulta você encontra os melhores médico clínicos gerais, para consultas presenciais ou online!

Histórias recentes

Postagens similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.