A telepsicologia há alguns anos vem sido debatida entre os profissionais da área de saúde. Até recentemente, sua prática não era totalmente liberada pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia), que limitava os atendimentos a distância apenas para orientação psicológica.

Hoje, os profissionais podem atuar de modo mais profundo, realizando um atendimento bem semelhante ao consultório, não tendo limite de sessões e garantindo total privacidade das informações que forem transmitidas durante a terapia.

As possibilidades para o futuro são enormes e espera-se que com o passar dos anos seja cada vez mais fácil para o interessado cuidar e acompanhar sua saúde mental com um psicoterapeuta qualificado.

Abaixo, falaremos mais sobre este importante tema que tem se tornado uma tendência para outras áreas relacionadas à saúde. Pronto para saber mais a respeito? Continue sua leitura até o final!

Por que adotar a telepsicologia?

Pode parecer fora do comum, mas atualmente ainda existe um grande estigma sobre as pessoas que precisam de uma consulta psicológica ou, simplesmente, desejam acompanhar mais de perto sua saúde mental.

A ida ao consultório de um psicólogo ainda é uma barreira bem difícil de ser quebrada, e, em muitos casos, a pessoa acaba desistindo de se consultar simplesmente por medo da repercussão do seu tratamento.

A telepsicologia permite que o indivíduo faça esse acompanhamento à distância, apenas utilizando uma conexão com a internet. Basta estar em um local com privacidade para conseguir se consultar.

Isso elimina o tradicional medo da primeira sessão, além de gerar menos desconforto e muito mais segurança para aqueles que sofrem ou estão em um período de contemplação sobre o que fazer com suas questões emocionais.

Entenda que procurar um psicólogo pode ser extremamente importante para sua performance no trabalho e na sua vida pessoal e não há nada de errado em se preocupar com seu próprio bem-estar.

Como funciona essa modalidade de atendimento?

Para quem ainda tem dúvidas, a telepsicologia nada mais é que o atendimento de um psicólogo por meio da internet. As sessões são realizadas semanalmente — ou de acordo com a frequência indicada pelo profissional — da mesma forma que em uma psicoterapia presencial.

As sessões têm duração semelhante (cerca de 50 minutos) e todo o acompanhamento/suporte psicológico é realizado em uma videochamada, podendo ser através do celular ou, até mesmo, do computador.

A tecnologia está cada vez mais sendo aplicada na área da saúde, e nos últimos anos estamos vendo um profundo crescimento desta e de novas modalidades que auxiliam no tratamento ou acompanhamento das mais variadas doenças.

No caso da psicologia, o avanço vem tomando espaço de acordo com a nova literatura, que aponta que os atendimentos à distância podem trazer inúmeros benefícios para os pacientes.

Falaremos mais sobre estes benefícios mais a frente, mas para que você entenda, saiba que ainda é extremamente importante estar com um bom profissional qualificado e que tenha a capacitação teórica adequada para ministrar este tipo de tratamento.

Quais os principais benefícios?

Um dos principais benefícios que não só a telepsicologia, como a telemedicina de modo geral, proporciona para os pacientes é a economia do tempo através da diminuição das distâncias.

Todos sabemos que, em alguns momentos, é praticamente impossível se locomover até outro local que não esteja dentro da nossa rotina, e somente este detalhe faz com que muitas pessoas protelem suas consultas até o agravamento dos seus sintomas.

O atendimento à distância faz com que este problema seja eliminado por completo, simplificando de vez a vida de quem simplesmente precisa se cuidar.

Outro benefício da telepsicologia que falamos brevemente acima, é a própria facilidade para se consultar. Basta ter conexão com internet para conseguir auxílio profissional.

Isso ajuda tanto aquelas pessoas que estão em busca da sua primeira consulta, como aquelas que apresentam profunda dificuldade para dar prosseguimento ao seu tratamento psicológico.

Muitas vezes, este é o caso de quem sofre de depressão ou de outra doença crônica e não consegue ter “forças” para sair de casa ou, até mesmo, enfrentar o dia até a hora da consulta.

Pessoas tímidas ou inseguras e que sentem a necessidade de ter maior controle também podem se sentir mais confortáveis com esta metodologia de tratamento, o que é outro ponto positivo que merece ser ressaltado.

No fundo, qualquer pessoa pode se beneficiar. Entretanto, é sempre importante ouvir o profissional e seguir suas recomendações para ter os melhores resultados ao longo das semanas.

A prática já está regulamentada?

Por fim, é de suma importância compreender que a telepsicologia já está devidamente regulamentada pela resolução CFP 11/2018, que entrou em vigor no mês de novembro do ano passado.

Isso significa que o tratamento psicológico através da internet ainda é extremamente novo, está passando por um processo de maturação no mercado, que já vinha há algum tempo demandando este tipo de solução.

Lembramos mais uma vez que não são todos os psicólogos que estão aptos a realizar este tipo de tratamento. É importante ficar atento e procurar por profissionais realmente qualificados nesta modalidade, que, de acordo com próprio Conselho Federal de Psicologia, depende de uma capacitação técnica.

Outra informação importante e que deve ser mencionada é que este tipo de tratamento é restrito para psicólogos. A consulta com o psiquiatra — pelo menos até o momento — deve ser realizada de maneira presencial.

É preciso também informar que a telepsicologia não necessariamente elimina por completo a necessidade das sessões tradicionais, que podem ou não ser utilizadas em conjunto, de uma forma híbrida, para o aumento da eficácia de um tratamento psicológico.

As sessões presenciais ainda apresentam seu valor e, de certo modo, são únicas por inúmeros motivos. Um deles é a própria interação física e em tempo real que permite que o profissional identifique pontos importantes para o avanço da psicoterapia.

Não se esqueça que a confiabilidade no consultório passa por modificações no âmbito virtual, fazendo com que seja ainda mais importante a escolha do psicólogo, que deve, antes de mais nada, preservar a privacidade do seu paciente.

Este foi nosso post de hoje sobre telepsicologia! Gostou do conteúdo? Siga nossas redes sociais para ter acesso a mais conteúdos — estamos no Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram!

Escreva um comentário

Share This