O sistema de consulta online é um diferencial que surgiu a pouco tempo. É cada vez mais comum encontrar clínicas e profissionais que fazem esse tipo de atendimento.

Em contrapartida, muito se questiona sobre o quão seguro o universo da internet pode ser nesse quesito, se o paciente não corre riscos de ser exposto, ou até enganado. No entanto, essa metodologia de atendimento vem se profissionalizando bastante.

Confira todos os detalhes sobre consulta online: quais as vantagens, como realizar esse procedimento de maneira segura e como funciona. Ao final da leitura você será capaz de tirar suas próprias conclusões. Acompanhe.

O que é consulta online?

Também chamada de teleconsulta, se trata de uma forma de atendimento remoto. Isso é feito através de ferramentas tecnológicas, que permitem comunicação online.

Assim, nem o paciente, nem o especialista, necessariamente precisam se deslocar até um ponto específico, tudo é feito de maneira virtual. O usuário pode solicitar a consulta e marcar um horário no qual ele e o médico vão entrar em contato. 

A teleconsulta tem se tornado bem comum, principalmente nos casos onde é preciso fazer uma série de acompanhamentos regulares. Ela pode ser usada não só para atendimento médico, mas também para troca de informações e opiniões entre profissionais da saúde. 

Além disso, existem outras duas formas de teleconsulta, a síncrona e a assíncrona. Na primeira, a conversa é imediata e o profissional prescreve uma solução durante esse momento.

Na última, a interação não é direta entre os envolvidos, bem como pode acontecer em horários distintos. São apenas algumas das inúmeras possibilidades que a consulta online pode oferecer.

Ela pode ser de caráter inicial, ou seja, ser usada no primeiro atendimento, de urgência, e até supervisão. Ela engloba desde cuidados básicos a atendimentos com especialidades médicas. Veja algumas delas logo abaixo.

  • Dermatologia;
  • Neurologia;
  • Pneumologia;
  • Reabilitação;
  • Oftalmologia;
  • Radiologia;
  • Cardiologia;
  • Psiquiatria.

O surgimento de uma nova solução

Como foi dito logo no começo desse artigo, muitas pessoas ainda não acreditam que esse seja um procedimento seguro. E claro, existe uma série de boas razões para esse questionamento. 

No entanto, essa metodologia não tem sido só apoiada por donos de clínicas em geral, profissionais de saúde também têm se mostrado abertos a aderir à novidade. Certamente, a conjuntura na qual o mundo se encontra hoje tem influência direta nesse apoio.

Nesse contexto, no dia 19 de março de 2020, um documento chegou às mãos do Ministro da Saúde da época, Luiz Henrique Mandetta. Ele foi enviado pelo Conselho Federal de Medicina, CFM.

O intuito desse ofício era solicitar que fosse permitido 3 formas de teleconsulta durante a pandemia do Covid-19. São elas teleorientação, telemonitoramento e teleinterconsulta.

O pedido foi atendido. Porém, com ressalvas de que tudo deve ser feito por meio de tecnologias que garantam a integridade, a segurança e o sigilo das informações compartilhadas entre pacientes e especialistas.

Endossando essa ascensão da consulta online, o Sistema Único de Saúde, SUS, aderiu a essa nova modalidade nos postos de saúde de atenção primária. 

Preocupados com a segurança, foi criada uma plataforma chamada Consultório Virtual. Aproximadamente 20 mil profissionais, contanto médicos e enfermeiros estarão disponíveis para atendimentos nessas condições.

As medidas citadas mostram que a integridade dos envolvidos é parte fundamental. Todas as ações estão sendo voltadas de modo que as adaptações possam acontecer, ao mesmo tempo em que se mantém questões tão importantes quanto qualidade e segurança.

As vantagens da consulta online

A primeira coisa que vem a cabeça quando se fala de internet, é expansão. Aqui, esse pensamento é o grande divisor de águas, e o que faz dessa estratégia algo tão válido.

Uma das vantagens mais interessantes, é a possibilidade de extensão do atendimento médico. Assim, pessoas que estão em regiões aonde o deslocamento é extremamente complicado, não estarão desamparadas.

Claro que o acesso a uma estrutura física é necessário, embora não seja ainda uma realidade para todos. No entanto, graças a teleconsulta, já se consegue cobrir grande parte da população.

Além disso, esse modo de consulta pode ter influência direta na precisão dos diagnósticos. Isso porque os médicos de várias especialidades conseguem conversar entre si com mais facilidade, de modo a ajudar o paciente em questão.

Outro benefício está na redução e otimização de tempo e gasto para todos. Desse modo, todo o processo pode ser feito com uma agilidade maior, podendo ainda haver um aumento nas demandas.

Por outro lado, a consulta online jamais irá substituir o valor e a necessidade de um atendimento presencial. Esse fato já está bem claro para a rede de saúde. Ela é útil para casos específicos e em situações adversas. Porém, o essencial deve ser mantido sempre.

Um compilado de vantagens torna essa alternativa bastante efetiva e interessante. Veja o panorama do que foi abordado.

  • Diminuição da distância;
  • Diagnósticos mais rápidos e eficientes;
  • Tratamento do paciente de forma mais ágil do que de costume;
  • Redução de gastos nos procedimentos clínicos;
  • Segurança nos dados armazenados.

Como realizar um atendimento mantendo a integridade dos pacientes?

O primeiro passo é sempre confiar na instituição na qual a consulta estará sendo realizada. Infelizmente, existem locais que não são comprometidos com o profissionalismo e isso não pode ser ignorado.

Também, toda a equipe médica precisa estar bem preparada para utilizar o sistema de atendimento. Assim, imprevistos como informações vazadas, mesmo que sem intenção, não acontecem.

Ainda no âmbito de armazenamento de dados, é imprescindível que a clínica se responsabilize pela proteção dessas informações. O paciente também deve sempre se manter atento a qualquer indício de atividade suspeita.

Buscar usar ferramentas que já são conhecidas por seu desempenho e qualidade, também pode ser uma boa opção. Se você é a pessoa que está sendo atendida, certifique-se de que quem está te atendendo é de fato alguém capacitado.

Por fim, a consulta online pode ser sim uma ótima ferramenta de apoio. Existem maneiras de fazer com que esse procedimento seja seguro e efetivo. Para isso, todas as partes precisam trabalhar juntas.

Reunimos tudo o que você precisa saber sobre a consulta online como paciente nesse artigo “Telemedicina: O que você precisa saber como paciente”

Precisa de ajuda, clique aqui e realize uma consulta online!

Escreva um comentário