Você já tem um dentista de confiança? Ainda não? Escolher um profissional para cuidar da sua saúde bucal e da estética do seu sorriso, é sem dúvidas, uma tarefa muito importante. 

Desse modo, analise com bastante carinho, procure recomendações, verifique a estrutura dos consultórios e por aí vai. Um bom especialista é essencial para que os procedimentos sejam realizados corretamente e sem prejuízos aos outros aspectos da sua boca.

Então, onde encontrar um profissional qualificado? Como escolher o melhor dentista para o meu caso? Essas e outras perguntas serão respondidas ao longo deste artigo. A ideia é que você não tenha nenhuma dificuldade para escolher a pessoa certa para cuidar da sua saúde bucal.

Quando procurar um dentista?

Independentemente de qualquer coisa, você deve fazer uma visita a um consultório odontológico a cada 6 meses. Esse compromisso deve ser sempre renovado em sua agenda, pois é a melhor forma de prevenir doenças bucais como cáries e gengivites.

Além disso, o diagnóstico precoce desses problemas evita dores e ainda, a necessidade de extração, que pode ocorrer em alguns casos. Se você sequer se lembra de quando foi a última vez que foi ao dentista, chegou a hora de colocar sua saúde oral em dia. 

No entanto, a grande maioria das pessoas espera ter algum problema para procurar ajuda. Por isso, é comum que distúrbios odontológicos já sejam descobertos de maneira tardia e, dessa forma, exijam tratamentos mais complexos e invasivos. 

Então, queremos estimular você a não seguir esse padrão. Quem já sentiu dor de dente sabe o quanto esse é um sintoma incômodo. Portanto, o principal motivo para você procurar um dentista deve ser seu compromisso em cuidar da sua saúde bucal. 

E não se preocupe, foi-se o tempo em que tratamentos odontológicos eram sinônimo de dor. Hoje em dia a tecnologia evoluiu bastante e esses procedimentos se tornam cada vez menos invasivos e mais seguros. 

Sinais de que você precisa procurar um dentista 

Por meio dos seguintes tópicos, você verá que a busca por um especialista da área, quase não tem limite de idade. Isso porque durante toda sua vida, esse tipo de atendimento será uma necessidade constante. Desse modo, não negligencie sua saúde.

Dor de dente ou na boca como um todo

Sempre tenha em mente que a dor é um sinal de alerta. Esse desconforto é um sintoma de que algo não vai bem em nosso corpo, nesse caso, em nossa saúde oral. 

Desse modo, sentir dor de dente pode ser um indicativo de cárie, por exemplo, um problema ainda muito comum entre os brasileiros. Pode ainda ser consequência direta de outras doenças, como a disfunção temporomandibular e o bruxismo. 

Você está no meio de um tratamento odontológico

Se você já iniciou alguma forma de tratamento para alguma condição específica, cuidado. Não é recomendado que haja desistência no meio do processo.

Então, você deve sempre realizar o acompanhamento adequado. Isso quer dizer não só seguir as orientações do seu dentista, mas voltar ao consultório com frequência para que ele avalie a efetividade do tratamento. 

Além disso, caso sinta dor, haja sangramento gengival, ou qualquer outro sintoma inesperado, recomendamos que entre em contato com o profissional e adiante sua consulta. Tais coisas podem ser efeitos adversos do tratamento e devem ser avaliadas. 

Durante a gestação

Sim, além de todos os exames e do acompanhamento pré-natal, as grávidas devem também fazer um acompanhamento odontológico. Essa é uma etapa bem importante.

Ainda, sabe-se que a gestação é um momento muito especial para a mulher. Esse é um período de grandes mudanças nas quais podem afetar a sua saúde bucal. 

Desse modo, o principal objetivo de se procurar um profissional durante esse período é a prevenção de problemas bucais. Inclusive, alguns deles são ainda mais comuns nesse período, como a gengivite. 

Seus sisos estão nascendo

Você certamente conhece muitas pessoas que tiveram problemas durante o nascimento dos dentes sisos. Algumas delas inclusive precisarão fazer a retirada desses dentes.

Então, esse é um processo que normalmente causa muitos incômodos e dores. Em muitos casos, pode ocorrer até o afastamento dos outros dentes. Por essa e outras razões, o acompanhamento especializado é mais do que essencial. 

Portanto, o dentista irá te auxiliar sobre como lidar com esses sintomas e passar por esse estágio de maneira mais tranquila e saudável. Se necessário, será recomendada e realizada a extração desses molares. 

Seus primeiros dentes de leite começam a crescer

O surgimento dos dentes de leite costuma gerar certos desconfortos na criança. Normalmente os pequenos sofrem com coceira na gengiva, dor e alguns até mesmo febre. 

Assim, contar com a ajuda de um profissional faz a diferença nesse momento. Com as orientações do mesmo é possível vencer essa fase de uma maneira mais tranquila. E ainda, garantir que os primeiros dentinhos da criança se desenvolvam de forma saudável. 

Mesmo de você não se enquadrou em nenhum dos itens anteriores, calma. Caso não vá a um consultório odontológico a mais de um ano, você deve mudar essa realidade o mais rápido possível. Não espere que o problema apareça, a prevenção é sempre a melhor escolha.

Que tipo de dentista você está precisando?

Agora que você já compreendeu sobre a importância de fazer uma visita regular a esse profissional, vamos para o próximo passo. É hora de aprender mais sobre como escolher o especialista ideal.

No entanto, a primeira coisa a se fazer é buscar entender que tipo de dentista você está precisando. Ficou confuso? Vamos lá. A odontologia é uma área que possui diversas vertentes.

Assim, cada uma delas é voltada para cuidar de problemas específicos da região da boca. Para ficar mais didático, veja alguns exemplos logo abaixo.

Ortodontista

Essa é a especialidade da odontologia responsável por estudar, diagnosticar e tratar distúrbios no desenvolvimento da face e dos arcos dentários.

Dessa forma, elementos como queixo (posicionados para frente/para trás), dentes tortos e respiração bucal, são responsabilidade do ortodontista. Se possuir problemas dentro dessas categorias, é ele quem você deve buscar.

Periodontista

A periodontia é a especialidade odontológica voltada para o cuidado dos tecidos que dão sustentação aos dentes. Então, gengivas, ligamento periodontal e ossos alveolares, fazem parte das condições que esse profissional trata.

Odontopediatra

Essa é a área voltada ao atendimento de crianças e aos distúrbios que são mais comuns a essa faixa etária. É com a ajuda de uma odontopediatra que a preservação dos dentes de leite acontece.

Além disso, esse é um profissional importante, tendo em vista que essa dentição influencia diretamente na saúde da criança dos anos seguintes. Assim, o desenvolvimento da fala e da mastigação são um dos principais elementos a serem cuidados.

Endodontista

Quem atua nessa área é o responsável por realizar o tratamento de canal, que é necessário quando a estrutura interna do dente sofre alguma inflamação.

Também, ainda que não seja necessário tratar um canal, esse dentista avalia a gravidade das lesões e doenças do nervo e da raiz. Isso caso haja modificações, seja por fraturas, traumas ou até mesmo, cáries.

Assim, quando esses problemas não são tratados por um profissional capacitado, problemas sérios aparecem. A boca pode vir a inchar e o paciente costuma sentir muita dor. Também, o mesmo corre o risco de desenvolver uma infecção.

No entanto, é importante ressaltar uma coisa. O tratamento de canal pode sim ser feito por qualquer especialista. Porém, somente o endodontista em terá mais propriedade sobre o assunto, estando plenamente ciente das melhores técnicas e tratamentos.

Protesista

Esse tipo de profissional é especialista em prótese dentária, sendo estas fixas, removíveis ou totais. Elas ajudam na recuperação estética desses pacientes, recuperam o conforto, a função mastigatória, a fonética e melhoram a respiração.

Cirurgião bucal ou maxilofacial

Essa é a especialidade odontológica responsável pelo tratamento das doenças, traumas e deformidades congênitas. Ainda, ela cuida das condições que foram adquiridas, e que afetam a região da cavidade bucal, da face e do pescoço. 

Odontologia do sono

Essa área é referente ao cuidado de diversas doenças, tendo função essencial no planejamento de um tratamento eficaz junto a uma equipe multidisciplinar.

Então, dentre os principais problemas tratados, tende-se a Síndrome da Apneia Obstrutiva, que pode acabar por desencadear diversos outros problemas, o Bruxismo e o Ronco.

Odontologia estética

Você provavelmente já ouviu falar em odontologia estética por aí. Essa é a área responsável por melhorar a aparência dos dentes e do sorriso de uma maneira geral.

Além disso, ela inclui procedimentos como clareamento dental, facetas de porcelana e cirurgia plástica gengival. Se você busca um dentista para cuidar desse tipo de condição, o recomendado é que o mesmo seja adepto dessa especialidade.

Odontologia do trabalho

Essa é a área indicada para pessoas que sofrem de condições relacionadas ao trabalho laboral. Esse profissional irá avaliar quais doenças ocupacionais você possui e como é possível tratá-las.

Como o nome já sugere, essa é uma especialidade mais presente no âmbito profissional. Geralmente, você só deve buscar a mesma em casos de acidentes ou doenças que interfiram na execução do seu trabalho.

Assim, o especialista é o responsável por realizar o exame ocupacional odontológico. Caso haja necessidade de realizar algum tratamento que influencie na sua atividade laboral, ele que cuidará disso.

Ainda, é função desse profissional determinar se você está liberado ou não para retornar à função. Portanto, se há qualquer problema nesse sentido, busque esse especialista.

Como encontrar um dentista de confiança?

Você certamente faz questão de ter um bom profissional para cuidar da sua saúde bucal. Sendo assim, recomendamos que foque sua busca em profissionais realmente qualificados, que te passam confiança. 

Assim, essa pessoa deve prezar pelo seu bem-estar. Lembre-se de verificar se o profissional escolhido tem experiência na área que você precisa. Por exemplo, se trabalha com ortodontia, caso o seu problema seja má oclusão, dentes desalinhados ou tortos. 

Também, lembre-se que você precisará seguir as orientações e se submeter ao tratamento fornecido pelo dentista. Portanto, uma relação de confiança será essencial. Preparamos algumas dicas para te ajudar a encontrar um bom profissional. 

1- Peça indicações de dentista para pessoas que você confia

Se você pesquisar pelo profissional em seu site, ou até mesmo visitar o seu consultório, provavelmente só ouvirá elogios e diferenciais. A verdade é que a própria pessoa é suspeita para falar de seu trabalho. 

Diante disso, o melhor caminho é procurar pela opinião de pacientes que já foram atendidos pelo dentista. Se possível, pergunte a pessoas que você conhece e confia, como família, amigos próximos ou colegas de trabalho. 

Por já terem frequentado a clínica eles poderão te dizer se o profissional é realmente qualificado. Também, eles saberão se a clínica possui uma boa estrutura, se a saúde bucal deles foi realmente beneficiada, dentre outros detalhes relevantes. 

Então, aproveite a intimidade com a pessoa e pergunte que tipos de tratamentos ela fez, quais foram os resultados. E ainda, questione até mesmo se ela voltaria para aquele profissional. Ouvir a opinião de quem você confia pode fazer a diferença. 

2 – Faça da internet uma grande aliada na sua busca por Dentista

Independentemente do que você está procurando, o Google é uma ótima fonte de pesquisas, certo? Você pode buscar por profissionais localizados na sua cidade ou bairro, ou até mesmo ir direto ao encontro de uma determinada especialidade. 

Em meio aos resultados dessa ferramenta você encontrará muitas opções, tanto através do Google Meu Negócio como nos resultados orgânicos da busca. Portanto, use essas plataformas da maneira mais prática possível. 

Recomendamos que leve em conta ambos os resultados. Veja no Google Meu Negócio como são as avaliações do profissional. Lá, você encontrará com facilidade depoimentos de alguns de seus pacientes. 

Além disso, mais abaixo na página ou mesmo através da plataforma do Google Meu Negócio você poderá ter acesso ao site da clínica. Embora nem todo bom dentista tenha um bom site, ter um que seja bem trabalhado é importante.

Preste atenção se o mesmo contém informações completas sobre seus serviços e equipe. Isso é um diferencial para você que está na busca por alguém de confiança. Um site bem feito pode ser sinal de uma escolha sólida. 

Deixamos aqui também um alerta. Desconfie de qualquer profissional que alegue ser superior aos demais. Essa é uma atitude antiética e gera suspeitas em relação ao caráter do mesmo.

3 – Analise bem as referências do profissional

Independentemente se você encontrou uma sugestão online ou com um amigo, recomendamos que procure mais referências. Ainda que isso demande algum tempo, lembre-se que é a sua saúde bucal que está em jogo.

Desse modo, para encontrar um especialista competente vale a pena qualquer esforço, certo? Por essa razão, verifique as reviews do Google, os testemunhos no site.

Além disso, observe até mesmo, as redes sociais. Elas também podem ser uma boa fonte de pesquisa nesse sentido. No entanto, seja cuidadoso. Uma revisão ruim nem sempre quer dizer que o profissional não é bom.

Sendo assim, leia mais de uma referência. Avalie se realmente há razão para que esse determinado profissional tenha uma pontuação mais baixa em relação aos outros.  

4 – Busque conhecer a estrutura da clínica na qual o Dentista atua

O espaço onde um profissional atua, influencia diretamente na qualidade de seus serviços. Isso vale para qualquer área, e não é diferente quando se fala de odontologia.

Dessa forma, verificar a estrutura da clínica é tão importante quando procurar um bom dentista, bem como pesquisar sobre sua reputação e credibilidade. 

Sendo assim, recomendamos que escolha alguns nomes em sua lista e procure fazer uma visitinha a seus consultórios para avaliar os locais. É preciso ser criterioso, principalmente por se tratar de um lugar que realiza atendimento em saúde.

Portanto, veja se o local é higienizado de maneira adequada. Observe também, como é feita a organização da clínica. Ao fim da visita, se você se sentir seguro e bem tratado, ele é o lugar ideal.

Para te ajudar ainda mais, veja alguns detalhes para os quais deve sempre se ter atenção: 

  • O prédio recebe manutenção?
  • A limpeza é bem-feita?
  • Há separação adequada dos consultórios e da sala de espera?
  • As licenças estão em dia?
  • Os pacientes são atendidos com respeito? 
  • O seu conforto e bem-estar são priorizados?

Por mais básicas que pareçam essas perguntas, elas são essenciais e devem ser tratadas como tais. Acredite, pode ser que você encontre lugares onde essas questões estão longe de ser uma prioridade.

Existem ainda outros aspectos secundários que também podem influenciar na sua escolha. Consegue pensar em algum? Vamos citar alguns exemplos: 

  • Localização da clínica;
  • Movimentação da rua; 
  • Presença ou ausência de estacionamento nas proximidades; 
  • Espaço adaptado para crianças (se você precisar levar alguma). 

Tais aspectos fazem a diferença e trazem mais praticidade e conforto para vocês, evitando imprevistos e transtornos nos dias de suas consultas. 

Além disso, é fato que consultórios odontológicos não são os locais preferidos de nenhum de nós. Por essa razão, procure um lugar que te faça sentir confortável, que te ajude a manter a tranquilidade durante o seu atendimento.

Também, se você tem crianças, optar por clínicas preparadas para atendê-las é a melhor opção. Uma sala com brinquedos, dentre outros itens que atraem os pequenos, cores alegres, gravuras e mobília diferenciada fazem com que eles se sintam acolhidos.

Com isso, eles estarão mais receptivos quanto ao tratamento necessário. A ideia é que visitar o dentista não seja uma experiência traumatizante, mas que eles possam se ambientar com facilidade. 

5 – Informe-se sobre todos os procedimentos realizados e os diferenciais oferecidos

A odontologia, bem como outras áreas da saúde, tem evoluído muito nos últimos anos. Os tratamentos se tornam cada vez menos invasivos, mais confortáveis e rápidos. Isso como consequência, acaba gerando resultados cada vez melhores, tanto a nível funcional como estético. 

Assim, estamos falando de procedimentos básicos como anestesia sem agulha, impressão 3D, planejamento digital, dentre outros. Casa um deles ajudaram a facilitar o trabalho desses profissionais e ainda, trouxeram inúmeros benefícios para o paciente. 

Desse modo, recomendamos que você procure por especialistas que já incorporaram os novos métodos e técnicas e estão familiarizados com as novidades.

Procure saber quais são as tecnologias que a clínica trabalha. Afinal, você deseja o melhor atendimento possível, para assim obter um resultado da mais alta qualidade. Essa é uma ótima forma de garantir isso, acredite.

Além disso, veja também se a clínica oferece todos os procedimentos que você precisa. Dê preferência para um local que possua estrutura completa. Assim, você não precisa ficar indo e vindo para realizar exames, por exemplo.

Pode parecer irrelevante, mas isso é um agente facilitador essencial. Ter a oportunidade de resolver tudo no mesmo espaço é sempre o melhor caminho. Assim, você economiza tempo e dinheiro.

6 – Sempre trace uma boa relação custo x benefício ao buscar um Dentista

Junte todas as dicas aqui citadas e coloque-as em prática. Essa é uma excelente forma de se encontrar o equilíbrio entre um bom atendimento e experiência.

Além disso, é importante que você se atente ao preço que cada profissional cobra. De nada adianta optar por um local barato, sendo que o mesmo não te oferece qualquer conforto.

O mesmo vale para a situação contrária. Muitas clínicas cobram caríssimo, mas não se preocupam com questões simples como tratar bem os pacientes.

7- Use a plataforma do Boa Consulta

Quer um jeito ainda mais fácil de encontrar um dentista de confiança? Use o Boa Consulta. São mais de 1 milhão de pacientes cadastrados e mais de 58 mil especialistas ativos. Os melhores do mercado reunidos em um só lugar. 

Agende a qualquer hora, de qualquer lugar. Utilize quando e onde quiser, com total conforto e sem se preocupar com o horário de funcionamento do consultório ou clínica. 

Ainda, na plataforma você pode filtrar por especialidades e escolher a forma de pagamento que te interessa. Também, logo de cara já descobre quais são os próximos horários vagos do profissional escolhido. 

E tem mais. As opiniões e avaliações de pacientes anteriores estarão a sua total disposição. Isso te permitirá conhecer exatamente quais são os pontos fortes e fracos de cada um dos especialistas. 

Então, ficou interessado? Não perca mais tempo e encontre um dentista de confiança agora mesmo! Tudo na facilidade de um só clique.

Escreva um comentário