Durante as férias escolares, as crianças saem da rotina completamente, resultando em uma mudança de hábitos como horários para dormir e acordar e também na alimentação. Essa alteração pode ser maior ainda quando a família viaja, mesmo que por poucos dias.

A alimentação infantil deve ser cuidadosa durante todo o período da infância, pois o corpo ainda está se desenvolvendo. Entretanto, nas férias é comum que as crianças queiram consumir mais alimentos não saudáveis, e o medo de muitos pais é que o hábito de comer guloseimas não fique apenas nesse período e se estenda para o resto do ano.

Fizemos este post para dar dicas sobre como manter uma alimentação infantil saudável nesse período. Boa leitura!

Como cuidar da alimentação infantil no verão?

Tenha frutas à disposição

A maior tentação das crianças é o açúcar presente em tantos doces. É mais fácil para a criança comer frutas se encontrá-la à disposição em vez de guloseimas. Uma boa dica é manter as frutas na geladeira, especialmente aquelas que seu filho gosta mais.

A fruta geladinha é um bom aperitivo, além de ser refrescante e leve. Algumas delas, como a melancia, o melão e a maçã, também possuem uma boa quantidade de água, auxiliando na hidratação. Você pode levar frutas em bolsa térmica quando for a uma praia, por exemplo.

Ofereça mais água

A evaporação de água no corpo ocorre de forma mais rápida nas altas temperaturas. A falta de água pode provocar tonturas, dores de cabeças, enjoos, quedas de pressão etc. Portanto, a criança precisa tomar água durante todo o dia, especialmente se ela brinca e sua.

Para acostumar a criança a beber mais água, é possível comprar uma garrafa estampada com personagens de desenhos infantis que ela mais gosta. Também é preciso acostumar seu filho a levar sua garrafa para todos os lugares. Os pais também devem aderir à ideia para dar exemplo e ter sempre em casa uma garrafa de água.

Faça refeições saudáveis

Devido ao calor do verão, é comum uma certa falta de apetite, inclusive aversões a comidas mais pesadas e quentes — incluindo feijão e arroz. Esse fator pode ser um pontapé para que a criança faça substituições de suas refeições por outros alimentos, o que não deve acontecer.

Para manter uma boa alimentação infantil nos dias quentes, é indicado fazer pratos leves, porém, saudáveis. Legumes cozidos, alguma fruta, arroz e alguma carne leve como ovo, peixe ou frango (caso a criança coma carne) são bons exemplos.

Prepare aperitivos caseiros

Os alimentos processados recebem conservantes, sal e açúcar e acabam prejudicando e acostumando mal o paladar da criança. No verão, os itens mais pedidos são os super-refrescantes, como sorvete, por exemplo. A ida a uma sorveteria ao menos uma vez ao mês não é prejudicial, mas quando se compra sorvete industrializado, ele fica disponível para a criança.

Você pode fazer gelatinas para substituir o sorvete e manter a refrescância na sua família. Rica em colágeno, ela pode conquistar por ser colorida e leve. Além disso, fazer sorvete e picolés caseiros a partir de frutas também é uma boa dica.

Manter seu filho com uma boa alimentação infantil não será tão difícil, desde que os pais tenham atitude, firmeza e criatividade e que deem o exemplo. São os pais que não devem comprar nem beber refrigerante, frituras e outros alimentos gordurosos. É possível começar uma rotina de alimentação saudável na infância, o que será um incentivo para que seu filho siga por toda a vida.

Gostou das nossas dicas de alimentação infantil? Veja também outros cuidados com crianças nas férias.

Escreva um comentário

Share This