Que tal respondermos algumas dúvidas frequentes sobre o coronavírus? A Covid-19 é uma doença nova e ainda desconhecida, e por isso rodeada de muitas perguntas. O Ministério da Saúde tem divulgado informações importantes sobre o tema. Separamos algumas delas para te ajudar a entender melhor tudo o que está acontecendo. 

Apenas as pessoas com sintomas transmitem o vírus?

Diferente da grande maioria das infecções virais, no caso do coronavírus, ao que tudo indica, a transmissão acontece mesmo antes de surgirem os primeiros sintomas da doença. 

Até então, ainda não se sabe exatamente por quanto tempo dura essa transmissibilidade ou mesmo quando o doente elimina o vírus.  Por isso é tão importante que todos sigam as recomendações de prevenção. 

Quais produtos de limpeza matam o coronavírus?

O vírus possui uma capsula de gordura protetora, por isso, além do álcool 70%, outros produtos podem contribuir no seu combate, como exemplos podemos citar desinfetantes, detergentes, sabão e água sanitária. 

De acordo com Emílio Ribas, infectologista membro da Sociedade Brasileira de Infectologia, este agente não é muito complicado de matar, já que não resiste muito tempo no ambiente. 

Qual a mortalidade da doença causada pelo novo coronavírus?

Os números ainda não são seguros, contudo, pesquisas apontam uma mortalidade entre 2% e 3% na população com até 60 anos de idade. Os idosos são considerados grupos de risco e tendem a desenvolver um quadro mais grave da doença, o que leva a um aumento da sua mortalidade.

Qual é a orientação diante da detecção de um caso suspeito?

Diante de qualquer suspeita de coronavírus você deve permanecer em isolamento em casa, procurando as autoridades de saúde através do disque 136 para mais orientações. 

Como é feito o diagnóstico do novo coronavírus?

Já foram desenvolvidos alguns testes capazes de comprovar a presença do coronavírus. Geralmente, o diagnóstico se dá através da coleta de materiais respiratórios. São necessárias duas amostras, que são encaminhadas para o  Laboratório Central de Saúde Pública onde são analisadas. 

Qual o tratamento para o coronavírus?

Embora muitas pesquisas e testes estejam sendo feitos, ainda não temos um tratamento específico para o coronavírus. 

Em geral, é recomendado aos pacientes diagnosticados uma maior ingestão de líquidos, além de analgésicos e antitérmicos para contenção dos sintomas da doença. 

Pessoas com desconfortos respiratórios devem ser mantidas internadas e se necessário, utilizar o suporte em unidade terapia intensiva. 

Quanto tempo devem ficar afastadas pessoas que tiveram contato com caso suspeito ou confirmado?

A recomendação do Ministério da Saúde é que qualquer pessoa que tenha contato com alguém diagnosticado ou com suspeita de infecção seja mantida em isolamento domiciliar por pelo menos 14 dias, que é o período de incubação da doença. 

É possível ser infectado mais de uma vez por coronavírus?

Ainda não se sabe se a contaminação é suficiente para imunização. Algumas pessoas tem demonstrado reincidência da doença mesmo após um resultado de teste negativo indicando cura de uma primeira infecção. 

Contudo, não há nenhum estudo seguro ainda sobre o tema, por isso também não há certezas sobre essa questão. 

Muitas dúvidas frequentes ainda permeiam a própria comunidade cientifica, que tem trabalhado duramente em pesquisas e testes em busca de conhecer melhor este vírus e a doença por ele causada.

Clique aqui e agende uma Teleconsulta agora!

Escreva um comentário