Consultar um ortopedista tem se tornado um cuidado cada vez mais necessário para pessoas de todas as idades. Uma pesquisa publicada pela OMS estimou que 80% da população mundial sofre de dores na coluna, um dos sintomas mais frequentes que indicam a presença de algum problema mais profundo.

As doenças relacionadas à coluna tendem a ter diferentes causas, tais como postura, genética, estresse, traumas, estilo de vida ou, até mesmo, podem ocorrer como um reflexo de outros problemas de saúde, como a osteoporose. Além disso, elas podem aparecer na região lombar, cervical ou torácica e refletir em outras partes do corpo, como as pernas.

Um ortopedista auxilia na recuperação de problemas relacionados a região da coluna. Quer saber como? Não deixe de conferir o conteúdo que preparamos para você!

Conheça o trabalho do ortopedista

Avaliação e diagnósticos iniciais

No primeiro momento da consulta com o ortopedista, ele perguntará seus motivos para estar lá e pedirá para que relate os sintomas que têm incomodado você, histórico de doenças, entre outras informações necessárias para ter um parâmetro sobre o que pode estar afetando sua saúde.

A partir disso e da vasta experiência dele, o profissional deve apresentar algumas opiniões sobre o problema e formar um diagnóstico inicial, mas que precisa ser confirmado antes da prescrição e realização de um tratamento. No entanto, ele já pode dar algumas orientações de mudanças básicas no seu dia a dia para reduzir os desconfortos.

Realização de exames

Nem todos os casos exigem a realização de exames para se certificar do quadro identificado, afinal, muitas das vezes o problema é visível e facilmente confirmado com base nos relatos do paciente e na avaliação física.

Entretanto, ainda assim os exames são essenciais para adquirir uma quantidade maior de informações a respeito da situação, estágio da doença e afins. E, caso o problema não seja facilmente identificado, é preciso realizar alguns testes específicos para descobrir a causa dos incômodos.

Detecção e tratamento de doenças da coluna

Após ir à primeira consulta, realizar os exames pedidos pelo profissional e retirar os resultados, é hora de passar pelo retorno médico. Nesse momento, o ortopedista deve avaliar todos os testes feitos a fim de fazer um diagnóstico mais completo e certeiro.

Com base nessa avaliação, no seu estilo de vida e na identificação das causas do seu quadro, o profissional deve indicar o melhor tipo de tratamento para aliviar e tratar a patologia.

Conhecimento de técnicas

Por ser experiente em problemas gerais relacionados à coluna, esse tipo de profissional tem um amplo conhecimento de técnicas mais recentes e que apresentam bons resultados. Por isso, é importante seguir o tratamento indicado à risca e manter consultas periódicas com o mesmo profissional, para que ele possa lhe orientar com base em todo o seu histórico.

Consultar um ortopedista o quanto antes é um passo essencial para evitar o agravamento e as chances de desenvolver uma doença crônica. Mas esteja atento também aos seus hábitos: mantenha uma boa postura, evite uma rotina muito agitada, cuide de si mesmo no dia a dia e pratique atividades físicas para não agravar o quadro e, assim, conseguir ter qualidade de vida!

Este post sobre o trabalho de um ortopedista foi útil para você? Não deixe de conhecer nosso site e descobrir as opções de consultas e profissionais que nós do BoaConsulta temos para você!

Escreva um comentário

Share This