Pessoas se alimentando com fast foods.
|

Quais são os piores hábitos alimentares? Conheça os 3 mais prejudiciais à saúde!

A rotina corrida e o estilo de vida moderno vêm fazendo com que boa parte das pessoas adote soluções mais práticas para o seu dia a dia, deixando de lado, costumes e práticas importantes para a manutenção da nossa saúde física e mental. Sendo assim, conhecer e saber como evitar alguns dos piores hábitos alimentares pode ser muito importante.

A nossa mesa reflete muito dessa conjuntura, com uma clara preferência por alimentos processados, comidas de fast food e outras opções que, definitivamente, não fazem bem para o nosso organismo — especialmente se pensarmos em médio e longo prazo. Continue lendo o post e aprenda mais sobre o assunto.

1. Comprar alimentos ultraprocessados

Um dos piores hábitos alimentares da atualidade consiste na compra excessiva dos chamados alimentos ultraprocessados. Eles são produtos extremamente práticos, que já estão prontos para o consumo ou precisam apenas ser esquentados. No entanto, eles podem contribuir para a manifestação de doenças crônicas, como hipertensão, diabetes, obesidade e muito mais.

Ilustração alimentos ultraprocessados.
Os alimentos ultraprocessados são os principais causadores de doenças e estão entre os piores hábitos alimentares.

Isso ocorre, justamente, porque há uma adição de produtos químicos e formulações industriais, com excesso de açúcar, sódio, gorduras hidrogenadas, amido modificado, corantes, aromatizantes, realçadores de sabor e vários outros tipos de aditivos. O resultado é uma composição nutricional desbalanceada, que faz muito mal para os consumidores.

2. Exagerar no açúcar e nos adoçantes

Não é novidade para ninguém que o excesso de açúcar, especialmente o refinado, é um dos piores hábitos alimentares que uma pessoa pode ter. Esse conhecimento já é antigo e difundido, mas é preciso reforçar que ele pode estar presente não apenas nos doces e bolos, mas escondido em alimentos, muitos dos quais até com o paladar saudável.

Ilustração alimentos com grande quantidade de açucar.
O excesso de açúcar e adoçante estão entre os principais hábitos ruins de alimentação.

Você pode estar pensando que a solução é substituir por um adoçante, mas a coisa não é exatamente dessa forma. Embora boa parte desses produtos não contenham calorias, eles podem ser vilões da saúde por outros motivos, como alteração das bactérias intestinais, aumento de insulina e, dependendo da sua sensibilidade, causando dor de cabeça e mal-estar.

3. Fazer dieta sem orientação profissional

Por fim, outro dos mais comuns e piores hábitos alimentares que uma pessoa pode ter é fazer dieta sem orientação profissional. Por mais que seja altamente recomendável estudar sobre o tema com informações relevantes sobre o assunto, nada substitui a ajuda profissional de um bom médico e um nutricionista.

Eles podem solicitar exames, encontrar deficiências, entender suas demandas, avaliar sua condição atual e passar as orientações para que você tenha o melhor resultado possível, sem deixar de lado o seu bem-estar. Essa ajuda é fundamental para ter uma vida mais equilibrada e ficar com a saúde em dia, sem correr riscos desnecessários.

Ilustração dieta e nutricionista.
Fazer dieta sem orientação profissional pode ser muito prejudicial, podendo levar até mesmo a uma compulsão alimentar.

Como você pôde ver, é fácil evitar esses hábitos alimentares. Basta ter um pouco mais de cuidado, ler os rótulos dos alimentos que mais consome e priorizar comidas naturais, sempre contando com a ajuda de um profissional de confiança. 

Precisa de ajuda para se alimentar de forma saudável? Aqui no BoaConsulta você encontra os melhores nutricionistas e nutrólogos. Agende uma consulta online e seja atendido(a) presencialmente ou por video-chamada.

Histórias recentes

Postagens similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.