Nos últimos tempos, estamos sendo constantemente lembrados da importância de ter um organismo forte e saudável, até mesmo como uma maneira de evitar que eventuais doenças cursem com gravidade e nos tragam sérios prejuízos. No entanto, você sabe o que a imunidade baixa pode causar para sua saúde? Neste post iremos explicar em detalhes.

O fato é que nossos hábitos e escolhas diárias tendem a ter uma grande influência nas nossas defesas e, se não tivermos olhos atentos quanto a esse aspecto, aumentamos muito a nossa suscetibilidade a enfrentarmos problemas e enfermidades.

Continue lendo o post e aprenda mais sobre o assunto.

O que a imunidade baixa pode causar para sua saúde?

Para começar o conteúdo, vamos mostrar alguns exemplos comuns do que a imunidade baixa pode causar para sua saúde. Veja abaixo.

Suscetibilidade a gripes e resfriados

Um dos problemas que a imunidade baixa pode causar para sua saúde é a maior suscetibilidade a gripes e resfriados, e esse problema é bastante conhecido das pessoas.

Afinal, é um conjunto de sintomas clássicos, tendo em vista que os vírus causadores das doenças têm mais facilidade em infectar o organismo com baixas defesas.

Homem gripado com lenço de papel na mão.
Homem gripado devido à imunidade baixa.

Vale lembrar que, da mesma maneira, o corpo tem mais dificuldades em bloquear outras infecções, visto que o seu desempenho fica prejudicado na hora de ativar a imunidade contra outros microrganismos.

Assim, ficamos mais sujeitos a otites, amigdalites, pneumonias, candidíase e até herpes labial, entre outros.

Aumento na queda de cabelos

Um sintoma curioso que a imunidade baixa pode causar para sua saúde é o aumento na queda de cabelos. Esse é um medo muito comum, sobretudo nos homens, mas que não é habitualmente relacionado com problemas imunológicos.

No entanto, existe uma correlação bastante evidente e que não pode ser menosprezada.

Homem segurando um pente e um tufo de cabelo.
Homem com queda de cabelo devido à imunidade baixa.

Algumas doenças infecciosas ou mesmo autoimunes, como o caso do LES — lúpus eritematoso sistêmico, podem causar mudanças no sistema imune, capazes de aumentar a queda capilar.

Dessa maneira, como nossa imunidade fica enfraquecida, os anexos cutâneos são comprometidos, nos deixando com fios e unhas frágeis.

Presença de alterações intestinais

A medicina e a ciência não param de evoluir a cada dia e, por isso mesmo, o intestino vem sendo apontado como um órgão imprescindível para nosso bem-estar e para nossa saúde como um todo.

Pouca gente sabe, mas é ali que ficam cerca de 80% das células imunes do organismo humano, atuando continuamente em nossa defesa.

Imagem ilustrativa de mulher com irregularidade no intestino.
A imunidade baixa proporciona irregularidades intestinais debilitando as defesas do organismo contra patógenos.

A microbiota intestinal, portanto, é uma grande barreira contra a entrada de patógenos e, quando ficamos com a imunidade baixa, essa mucosa fica mais permeável e pode deixar passar diversos agentes infecciosos, como fungos, vírus e bactérias, além de substâncias tóxicas. As consequências costumam ser diarreia, náuseas e vômitos.

O que fazer para melhorar a própria imunidade?

Agora que você já descobriu o que a imunidade baixa pode causar para sua saúde, é bem provável que esteja querendo adotar medidas para melhorar as suas defesas, não é mesmo? Felizmente, existem algumas maneiras simples de fazer isso e você não pode deixar de segui-las. Acompanhe quais são.

Mantenha uma alimentação balanceada

Uma ingestão adequada de alimentos é essencial para melhorar a própria imunidade. Afinal, é por meio da nossa dieta que retiramos os nutrientes essenciais para diversas reações químicas do nosso metabolismo, inclusive em termos de defesa. Por isso, você não pode deixar de suprir as necessidades nutricionais do seu corpo.

Mulher comendo alimentos saudáveis.
Mulher ingerindo alimentos saudáveis para fortalecer o sistema imune.

Entre as substâncias mais indicadas para fortalecer o sistema imunológico, podemos destacar as vitaminas, especialmente a C, muito utilizada contra gripes e resfriados e a D, que tem ação imunomoduladora e atua sobre os linfócitos. Não podemos esquecer também do zinco, um mineral que ajuda diversas enzimas das nossas células imunitárias.

Pratique exercícios físicos

Os exercícios físicos são um recurso importante para quem deseja melhorar a saúde mental e física, inclusive no que diz respeito ao sistema imune. Eles são um recurso importante para que nossa fisiologia se torne mais eficiente e fiquemos menos propensos a uma série de doenças, sobretudo as cardiovasculares e problemas respiratórios.

Grupo de pessoas praticando exercícios físicos.
A prática de exercícios otimiza a eficiência do sistema imunológico.

Como se não bastasse, praticar uma atividade tem bons efeitos na redução da ansiedade e na melhora da autoestima.

No entanto, é preciso ter cuidado, pois se a prática for muito intensa e o descanso não for adequado, o impacto pode ser negativo. Portanto, o mais recomendável é tentar manter uma boa regularidade, sem exageros.

Elimine os maus hábitos

Da mesma maneira que você precisa praticar atividades físicas de maneira moderada para melhorar a sua imunidade, também é muito importante eliminar alguns maus hábitos. Um dos principais é o de não dormir bem, pois boas noites de sono são fundamentais para que o organismo se organize e repare os danos sofridos no dia anterior.

Mulher dormindo
Adotar bons hábitos como dormir bem ajuda a regular a imunidade.

Você também deve se manter longe de substâncias tóxicas, como álcool, cigarro e drogas. Eles são péssimos para a sua imunidade e alcoólatras, tabagistas e dependentes químicos têm muito mais propensão a uma série de doenças. Por isso, eles devem ser abandonados, de forma que não prejudiquem a defesa do organismo.

Procure um médico especializado

Por fim, se você quer saber o que fazer para melhorar a própria imunidade, não deixe de procurar um médico especializado. Ele não apenas poderá sanar as suas principais dúvidas, como também está apto a diagnosticar doenças, distúrbios ou mesmo de solicitar exames mais específicos, de acordo com suas características e demandas.

Aliás, o mesmo princípio vale para um dentista de confiança, sobretudo se você sofrer com cáries e outras infecções orais. Até o uso de remédios sem prescrição pode ser um problema, pois a ingestão indevida de antibióticos, por exemplo, pode aumentar a resistência de algumas bactérias e reduzir sua defesa imunitária. Conte com ajuda profissional!

Como você viu, a imunidade baixa pode causar muitos problemas para sua saúde. Se você estiver em dúvidas se está com esse quadro ou se vem tendo alguns dos sintomas que citamos, não deixe de marcar uma consulta para buscar o tratamento adequado para fortalecer o seu sistema imunológico!

Precisa agendar uma visita ao médico? Aqui no BoaConsulta você encontra os melhores médicos para consultas presenciais e online!

Escreva um comentário