O medico urologista é o profissional responsável pelo diagnóstico e tratamento de doenças do trato urinário de toda a população, e do sistema genital dos homens, exclusivamente. Esse profissional conclui duas especializações, uma na área de cirurgia geral e outra em urologia, nas quais ele adquire toda a experiência necessária para atuar.

Entre o período de faculdade e residências médicas, são no mínimo 11 anos de dedicação para que esse médico esteja habilitado para a clínica e cirurgias urológicas.

Quer descobrir qual a importância de se consultar com um urologista e quando é fundamental procurá-lo? Neste artigo, reunimos as informações mais importantes sobre o assunto. Vamos conferir?

O que faz o médico urologista?

O médico urologista é o responsável por diagnosticar e tratar doenças do sistema urinário, que inclui órgãos, como a bexiga e os rins, e canais, como a uretra e os ureteres. Para problemas desse tipo, tanto homens quanto mulheres devem procurar o profissional.

O urologista também é habilitado para cuidar do sistema reprodutor masculino, que inclui a próstata, testículo, pênis, vesículas seminais, ductos deferentes e epidídimos. Ademais, esse médico também é responsável por realizar diagnósticos e tratar problemas relacionados às adrenais, também chamadas de glândulas suprarrenais, que produzem hormônios importantes como a adrenalina e o cortisol.

Assim, esse profissional pode atuar em todos os segmentos da urologia ou se qualificar em uma das subdivisões da especialidade. Exemplos desses ramos são:

  • andrologia: em que o profissional cuida exclusivamente do sistema reprodutor masculino, assim como a sua função sexual e hormônios envolvidos;
  • doenças sexualmente transmissíveis (DSTs): como gonorreia, herpes e sífilis;
  • urologia feminina ou pediátrica: em que o profissional se especializa nos problemas que acometem principalmente essas populações;
  • uroneurologia: em que o médico atua especialmente em casos de doenças urinárias consequentes de distúrbios neurológicos;
  • uro-oncologia: para diagnóstico e tratamento específico de tumores urológicos;
  • transplante renal.

Assim como acontece com outras especialidades, esse profissional também atende em consultório médico. Além disso, ele ainda trabalha em hospitais, para realizar cirurgias, exames diagnósticos e para acompanhar seus pacientes que estão internados.

Como destaque, o urologista tem um papel de relevância para a saúde dos homens, pois realiza exames preventivos essenciais, como o exame da próstata, indispensável no check up anual para diagnosticar de maneira precoce um câncer na região.

Ao todo, as responsabilidades do urologista incluem diagnosticar e estabelecer o tratamento mais adequado para cada pessoa em relação às doenças urológicas e genitais. Dessa forma, ele garante a recuperação mais rápida, com o restabelecimento da saúde e qualidade de vida do paciente.

Quais doenças são tratadas por esse médico?

A lista de doenças tratadas pelo urologista é gigantesca. Entre os problemas que podem acometer tanto homens quanto mulheres em todas as idades estão:

  • infecções urinárias, como a cistite e a pielonefrite;
  • inflamações;
  • tumores benignos ou malignos (câncer);
  • cálculos renais, as famosas pedras no rim;
  • incontinência ou obstrução do fluxo urinário.

Para os homens, o urologista identifica e trata problemas como:

  • infertilidade;
  • ejaculação precoce;
  • impotência sexual;
  • DSTs;
  • fimose;
  • curvatura peniana;
  • câncer que acomete o sistema reprodutor masculino.

No processo de diagnosticar essas doenças, o médico solicita alguns exames. Os mais comuns são os de sangue, para avaliar principalmente os parâmetros bioquímicos relacionados com o trato urinário, como creatinina, ureia e ácido úrico, além da contagem de leucócitos para verificar uma possível infecção. Os exames de imagem também podem ser solicitados, os quais incluem ultrassonografias e ressonância magnética.

Outros exames solicitados são o espermograma para verificar a quantidade e qualidade dos espermatozoides do paciente; biópsia vesical, realizadas quando há uma suspeita de câncer de bexiga; fluxometria, para avaliar o fluxo urinário e uretrocistoscopia, em que a uretra e a bexiga são visualizadas por meio de um endoscópio para procurar inflamações, estreitamentos ou tumores.

Um exame que merece destaque é o de próstata, realizado por meio do toque retal, para avaliar o desenvolvimento precoce de câncer e estabelecer o tratamento adequado o mais rápido possível. Ademais, um marcador tumoral chamado PSA, detectado por meio de exame de sangue, também é muito útil no diagnóstico de tumores de próstata.

Como são diversas as doenças na área, o médico urologista pode estabelecer os mais diversos tipos de tratamento, prescrevendo o mais adequado conforme a condição de cada paciente. Entre as opções estão medicamentos, cirurgias, quimioterapia, radioterapia e outros.

Que sinais indicam a necessidade de procurar um urologista?

A maioria das pessoas não sabe como identificar situações em que a procura pelo médico urologista é essencial. Por esse motivo, separamos alguns sintomas que servem como um sinal de alerta para você visitar o consultório médico, imediatamente.

Dor abdominal

Sentir dores abdominais não é algo normal e, dependendo da região acometida, pode indicar infecções, cálculos renais, tumores e outros problemas.

Dor lombar

A dor na região lombar é um sinal de problemas no rim, que pode ser um cálculo, pielonefrite ou tumores.

Dor no pênis

Na grande maioria das vezes, sentir dor no pênis indica uma infecção urinária, mais especificamente na uretra.

Dor nos testículos ou epidídimo

Essas dores ocorrem em casos de inflamações, cistos, tumores, varicocele e outros problemas na bolsa escrotal.

Sintomas urinários

Esses sintomas incluem o aumento da frequência urinária, dor ao urinar, gotejamento, incontinência e intermitência urinária, sangue na urina, diminuição do fluxo urinário e aumento do número de vezes que é preciso ir ao banheiro à noite. Eles são indicativos de infecção, inflamação, tumores e lesões renais.

Sintomas relacionados aos órgãos sexuais masculinos

Esses incluem ejaculação precoce, ausência de orgasmo, impotência, perda de libido, dores durante as relações sexuais, corrimentos, sangue no esperma e verrugas penianas, os quais indicam infecções e problemas no sistema reprodutor.

É indispensável procurar um urologista assim que você perceber qualquer um dos sintomas citados acima, porque, assim, é possível evitar agravos e complicações na sua saúde.

Para os homens com mais de 50 anos, no mínimo uma consulta por ano com o médico urologista é indispensável para realizar uma bateria completa de exames preventivos, especialmente quando se trata do câncer de próstata. Com todos os cuidados e com foco sempre em prevenção, a sua saúde ficará em dia!

Está precisando se consultar com um médico urologista? Com o BoaConsulta, você pode marcar a sua consulta de forma prática e eficiente, com apenas alguns cliques. Conheça nosso serviço agora mesmo!

 


1 Comentário

Escreva um comentário

Share This