Você conhece os problemas que mais afetam a saúde do homem? Doenças cardiovasculares, obesidade e câncer de próstata são as mais comuns. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida aumentou. No entanto, os homens continuam com uma diferença de sete anos a menos que as mulheres.

Isso acontece devido a fatores internos e externos, além da falta de informações corretas e relevantes a respeito de exames e doenças. Assim, muitos acabam não realizando exames necessários e deixam de cuidar da própria saúde. Entenda melhor a seguir!

Mitos sobre a saúde do homem

Ainda existem muitos mitos acerca da saúde do homem, e essas informações equivocadas impedem muitos homens de cuidarem de si mesmos. Veja os principais:

O exame de toque retal causa dor

Esse exame essencial para a detecção de câncer e outras doenças é totalmente indolor. No entanto, se o homem estiver tenso e se sentindo desconfortável pode haver uma contração dos músculos da região do reto, levando a um incômodo na hora do exame.

Além disso, o homem pode sentir dor caso haja uma inflamação da próstata. Mas, não se preocupe: o exame dura apenas cinco segundos. E, antes de começar, o médico oferece orientação quanto à maneira que é feito o procedimento e outras informações a fim de deixar o paciente mais tranquilo e confortável.

Câncer de próstata só acomete idosos

câncer de próstata acomete idosos e, também, homens mais jovens, por volta dos 50 anos. Sendo assim, é necessário realizar exames, como o de toque retal, anualmente a partir dessa idade. Em caso de incidência de câncer de próstata na família, a recomendação é começar esse cuidado já por volta dos 40 anos.

Verdades sobre a saúde do homem

A respeito desse tema, existem informações verdadeiras que são pouco conhecidas ou geram dúvidas e controvérsias, o que também dificulta o entendimento dos homens sobre a importância de exames médicos e dos cuidados com a própria saúde. Confira algumas delas:

Homens devem ir frequentemente ao urologista

urologista é um médico que cuida do trato urinário de ambos os sexos e das patologias relacionadas ao órgão sexual masculino. Assim como as mulheres vão ao ginecologista para realizar exames periódicos, os homens devem consultar um urologista com frequência, principalmente após os 40 anos.

A incidência de infecção urinária é menor em homens

Os homens realmente apresentam menor incidência de infecção urinária que as mulheres. Essa diferença ocorre devido à distinção da anatomia do trato urinário, pois a uretra feminina é menor que a masculina. Além disso, nas mulheres o canal da uretra fica muito próximo ao ânus, facilitando o contato de bactérias entre as duas regiões.

Disfunção erétil pode ser um problema psicológico

impotência sexual pode ocorrer tanto por problemas físicos (como obesidade e até efeitos colaterais de medicamentos) quanto por questões psicológicas. Estar passando por momentos de estresse, ansiedade, baixa autoestima, depressão e até ter passado por traumas e más experiências sexuais podem ser causas desse problema.

Portanto, para manter a saúde do homem é necessário deixar de lado diversos mitos, pois eles podem atrapalhar nessa busca por maior qualidade de vida. Sendo assim, procure consultar um clínico geral e um urologista para que possa manter seu bem-estar e envelhecer com saúde.

Gostou do artigo? Então, compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Escreva um comentário

Share This