Você já deve ter ouvido falar do “Setembro  Amarelo”, “Novembro Azul” e claro, “Outubro Rosa”. Esses meses temáticos fazem campanha sobre a prevenção de doenças, e o mês de outubro é referente à conscientização do câncer de mama.

A busca por um mastologista, médico especializado nas doenças da mama, aumenta neste mês do ano. Comparando os outros meses do ano com o mês de outubro, a busca por mastologistas cresceu em 95%, exemplificada no gráfico a seguir.

Comparando o mês de outubro deste ano (2018) e os demais meses do ano, vê-se que as visualizações de página para a busca por “mastologista” praticamente dobrou. (Fonte: BoaConsulta)

De acordo com o Dr. Wesley Pereira, médico mastologista e cirurgião oncologista, o Outubro Rosa consiste em uma campanha de conscientização importante que tem colaborado muito com objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

O que é o câncer de mama?

A doença, também chamada de carcinoma invasivo da mama, começa quando células dos seios crescem fora de controle. Geralmente, essas células formam um tumor que podem ser vistas no exame de raio-X e sentidas como nódulos quando apalpadas. O tumor é considerado maligno quando as células invadem outros tecidos do organismo.

No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), estimam-se 59.700 novos casos para cada biênio. Os casos estão ligados ao envelhecimento da mulher, predisposição genética, obesidade, estilo de vida sedentário e tabagismo.  

Para a prevenção, é preciso que as mulheres realizem anualmente a mamografia que rastreia por imagem eventuais nódulos. Além disso, a adoção de hábitos de vida saudáveis e o auto- exame também podem ajudar na prevenção do câncer de mama.

É evidente que a o mês de outubro, aliado a campanha do Outubro Rosa, causa impacto nas saúde das mulheres. Sabendo disso, e da importância da prevenção, muitas mulheres consultam-se com um mastologista.  

Como surgiu o Outubro Rosa?

O mês do laço rosa tem origem nos Estados Unidos, quando a Fundação Susan G. Women for the Cure organizou a chamada “Corrida pela Cura”, onde foram distribuídos laços rosas para os participantes. Depois disso, ações para a conscientização do câncer de mama foram fomentadas em todo o mundo.

 


Escreva um comentário

Share This