Quais são os sintomas do aneurisma.
| |

Quais os Sintomas do Aneurisma? Neurocirurgião explica em detalhes!

No nosso podcast de número 05, recebemos o Dr. Marcio Rassi, neurocirurgião e professor de neurocirurgia especializado no tratamento de tumores cerebrais e da base do crânio.

Neste episódio, o Dr. Marcio Rassi explica em detalhes quais são os sintomas de um aneurisma, se é possível reconhecê-los com antecedência e como os sintomas surgem na maioria dos pacientes.

ACOMPANHE O TRABALHO DO DR. MARCIO RASSI👨‍⚕️

Sintomas e Complicações dos Aneurismas Intracranianos

Os aneurismas podem ocorrer em qualquer área do corpo, mas quando se localizam nas artérias que irrigam o cérebro, são chamados de aneurismas intracranianos. Esses aneurismas apresentam uma chance de rompimento em algum momento da vida do paciente.

Sintomas do Aneurisma

Os sintomas dos aneurismas intracranianos podem variar amplamente, dependendo da localização e do estado do aneurisma. No entanto, o sintoma mais alarmante e frequentemente relatado ocorre quando um aneurisma se rompe.

Nessa situação, o paciente geralmente experimenta uma dor de cabeça súbita e extremamente intensa.

Dor de Cabeça Intensa

Uma característica marcante do rompimento de um aneurisma é a dor de cabeça abrupta e severa, muitas vezes descrita pelos pacientes como “a pior dor de cabeça da minha vida”. Esta dor não é gradual; ela aparece de repente e com uma intensidade avassaladora, distinguindo-se das dores de cabeça comuns.

Sintomas Adicionais

Além da dor de cabeça intensa, outros sintomas podem acompanhar o rompimento de um aneurisma intracraniano, incluindo:

  1. Náuseas e Vômitos: A pressão intracraniana aumentada pode provocar náuseas e vômitos.
  2. Rigidez no Pescoço: A irritação das meninges (membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal) pode causar rigidez no pescoço.
  3. Visão Turva ou Dupla: A pressão sobre os nervos ópticos pode levar a problemas de visão.
  4. Sensibilidade à Luz (Fotofobia): A luz pode intensificar a dor de cabeça e causar desconforto significativo.
  5. Perda de Consciência: Em casos graves, o paciente pode desmaiar ou entrar em coma.
  6. Convulsões: O rompimento pode desencadear convulsões devido à irritação do tecido cerebral.

Antes do Rompimento

Em alguns casos, um aneurisma não rompido também pode causar sintomas devido à pressão exercida sobre estruturas cerebrais adjacentes. Esses sintomas podem incluir:

  • Dor de Cabeça Localizada: Dor constante em uma área específica da cabeça.
  • Problemas Neurológicos: Fraqueza muscular, dormência ou dificuldade de fala podem ocorrer se o aneurisma pressionar áreas específicas do cérebro.
  • Dilatação da Pupila: Se o aneurisma pressionar nervos que controlam a pupila, pode ocorrer dilatação de uma ou ambas as pupilas.

Complicações

As principais complicações decorrentes do rompimento de um aneurisma intracraniano incluem:

  1. Hipertensão Intracraniana: O sangue que escapa do aneurisma é altamente irritante para o cérebro e a parede da artéria. Mesmo uma pequena quantidade de sangue pode causar irritação, levando ao inchaço do cérebro e aumento da pressão dentro do crânio. Isso pode resultar em coma.
  2. Vasoespasmo: Como resposta à irritação, a parede da artéria pode contrair, uma condição chamada vasoespasmo. Isso interrompe o fluxo sanguíneo, podendo causar um acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico.

O vasoespasmo geralmente ocorre alguns dias após o rompimento do aneurisma, enquanto a hipertensão intracraniana pode ocorrer imediatamente.

Diagnóstico e Tratamento

Identificar um aneurisma através de exames é crucial. A maioria dos aneurismas necessita de tratamento para evitar o risco de rompimento, que é aumentado por fatores como obesidade, tabagismo e hipertensão.

Casos de Rompimento

Em muitos casos, pacientes com aneurismas rompidos não conseguem chegar ao hospital, e cerca de metade morre antes de receber atendimento médico. Por isso, é vital tratar os aneurismas identificados. A decisão de observar ou tratar depende da localização e do tamanho do aneurisma.

Prevenção e Cuidados

Situações que aumentam a pressão dentro da cabeça, como exercícios físicos intensos, esforço ao defecar ou atividade sexual, podem desencadear o rompimento do aneurisma. Portanto, o tratamento preventivo é frequentemente recomendado para evitar situações de risco onde o aumento da pressão possa ocorrer.

Considerações Finais

O acompanhamento médico regular e a observação de sintomas como dores de cabeça intensas são fundamentais para a prevenção de complicações graves.

Em caso de suspeita ou identificação de um aneurisma, a consulta com um especialista é essencial para determinar o melhor curso de ação.

Encontre um Neurocirurgião

Encontre um médico neurocirurgião de confiança em sua cidade e agende online agora mesmo.

Postagens similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *