Mulher dormindo muito.
|

Quando uma pessoa dorme muito, o que pode ser? Quais os possíveis perigos desse hábito? Entenda mais sobre isso aqui!

Você conhecer uma pessoa que dorme muito além do normal? Está pessoa é uma familiar ou até mesmo você? Saiba que isso pode ser um sinal de que algo está errado, como um quadro de depressão, por exemplo, mas este não é o único problema, nesse post explicaremos mais sobre as possíveis causas, continue lendo.

Numa grande maioria das vezes, quando alguém pensa muito em suas horas de sono, esse tipo de preocupação sempre ocorre devido a dificuldades para conseguir dormir.

Isso acontece porque sempre que falamos em problemas decorrentes dessa ação, são referentes a insônia. 

A maioria das pessoas já sabe o quanto esse tipo de problema pode afetar a sua saúde, mas o que muitos desconhecem é que o efeito contrário também é muito perigoso e pode gerar diversos problemas de saúde. 

Um dos piores problemas que podem ser ocasionados pelo excesso de horas de sono são os cardiovasculares. É Importante lembrar que doenças do coração são as que mais matam pessoas no Brasil.

Estudos apontam que pessoas que dormem nove horas ou mais por dia, têm mais chances de sofrer de angina (dores no peito), assim como obstruções de artérias e veias prejudicando ainda mais o coração. 

Embora os fatores sejam coligados, ainda existem dúvidas médicas. Ainda não há um consenso quanto a ordem dos fatores, se são condições pré existentes devido problemas cardíacos que provocam o sono excessivo ou o contrário, mas um está intrínseco ao outro. 

Mulher dormindo.
Pessoas que dormem muito mais que o normal, podem desenvolver problemas cardiovasculares.

Anormalidades no sono são sintomas que precisam sempre de atenção, independente de ser falta de sono ou excesso dele, ambos são quadros preocupantes que necessitam do devido diagnóstico e  tratamento. 

Dormir demais não pode causar apenas problemas cardiovasculares, outros tipos de doenças causadas por essa condição, também são muito graves e podem prejudicar a saúde de quem gasta muito tempo nos braços de Morfeu. 

Os tipos de doenças mais comuns ocasionados por horas demasiadas de sono, podem ser: 

  • Problemas neurológicos como derrame cerebral;
  • Obesidade;
  • Demência;
  • Depressão
  • Entre outros. 

O nome da disfunção é hipersonia. E pessoas com esse distúrbio costumam ter outros hábitos que só tendem a piorar esse quadro e as doenças causadas por ele. Normalmente uma má alimentação, sedentarismo, vícios contribuem para que esse problema surja. Distúrbios do sono podem provocar em seus pacientes um cansaço extremo ocasionando assim em horas excessivas de sono. 

Por mais que durmam bastante, pessoas que sofrem com esse tipo de distúrbio estão sempre se sentindo exaustas independente da quantidade de horas dormidas. 

Além de ser causada por maus hábitos, outros fatores podem também provocar esse tipo de disfunção. As principais são: 

  • Doenças neurológicas;
  • Depressão;
  • Hereditariedade;
  • Apneia do sono;
  • Entre outros.

A hipersonia pode ainda ser dividida em dois tipos distintos:

Hipersonia idiopática sem sono prolongado

Caracteriza-se por um período prolongado de sono durante a noite, de cerca de dez horas noturnas. O sono é de boa qualidade, no entanto, durante o dia a pessoa sente muito sono e cansaço.

Pode ainda não ocasionar muitas horas de sono, mas a pessoa pode passar o dia com sonolência e ter suas tarefas básicas comprometidas. Pessoas com essa disfunção precisam de leves cochilos diurnos para se sentir bem. 

Hipersonia idiopática com sono prolongado

O paciente pode dormir até vinte e quatro horas seguidas. A hipersonia é um dos principais fatores responsáveis por causar horas excessivas de sono, no entanto, várias outras doenças podem ocasionar em uma vontade de dormir fora do normal. 

A seguir, listamos algumas das principais doenças que podem causar o excesso de sono. 

Apneia do sono

Essa é uma das principais causas para distúrbio do sono. Com as vias respiratórias obstruídas, ocorre uma falta de oxigênio ocasionando sintomas muito incômodos.

Isso faz com que a pessoa precise acordar várias vezes durante a noite, por falta de ar, taquicardia, ronco, e sufocamento. Esse picotamento do sono ocasiona em sonolência excessiva no decorrer do dia. 

Anemia x Dormir

A falta de ferro no sangue ocasiona apatia, cansaço e muita sonolência no decorrer do dia do paciente. 

O que acontece é que com a falta do mineral no organismo, diminui-se também as hemoglobinas no sangue, o que acaba gerando fraqueza e indisposição. 

Doenças cardíacas

Um coração fraco é o resultado de uma má circulação sanguínea e isso ocorre porque veias e artérias se encontram entupidas causando cansaço extremo na pessoa que estiver passando por essa condição.

Como o coração está sem força para bombear o sangue para todas as partes necessárias do corpo, essa canseira acaba acontecendo como resultado de um mau funcionamento do organismo. 

Hipotireiodismo X Dormir

O hormônio produzido pela tireóide é responsável por regular e acelerar a taxa metabólica do nosso organismo. Quando em baixa, essa falta de aceleração do metabolismo faz com que a pessoa fique extremamente cansada e sonolenta. 

Fibromialgia 

Essa doença faz com que a pessoa sinta fortes e constantes dores por todo corpo. Essa dor faz com que o paciente sinta muito cansaço e tenha dificuldades para realizar suas tarefas diárias, mesmo que tenha tido uma boa noite de sono. 

Narcolepsia 

Pessoas narcolépticas têm uma sonolência excessiva, mesmo após horas de sono de qualidade. Durante o dia ela tem dificuldade de manter a concentração mesmo em suas tarefas cotidianas.

A narcolepsia pode causar também paralisia do sono, falta de força muscular, e até perda de consciência. 

Depressão x Dormir

Essa é a doença que mais ocorre entre as pessoas se comparada com as demais citadas nessa lista. Cerca de mais de 5% de toda a população do mundo sofre desse quadro, e se considerarmos pessoas que ainda não passaram por nenhum tipo de diagnóstico, esses números podem ficar ainda maiores. 

Além de tristeza profunda, sensação de vazio e de angústia, pessoas depressivas podem também sofrer com diversos distúrbios do sono, e a depressão chamada de atípica ocasiona uma vontade excessiva de dormir. 

Imagem de cama bagunçada durante o dia.
O excesso de sono costuma ser muito comum em pacientes diagnosticados com depressão.

Muitos estudos mostram que distúrbios do sono são grandes responsáveis por diversas doenças neuropsiquiátricas. 

Sintomas como dificuldade de acordar mesmo após dez horas dormindo e ainda assim continuar sentindo sono e cansaço extremo durante o dia, podem ser muito mais do que um corpo cansado. 

De acordo com estudos, cerca de mais de 80% dos pacientes diagnosticados com depressão se queixam de problemas com o andamento do seu sono.

Normalmente, quadros depressivos ocasionam em insônia, mas como já foi dito anteriormente, a depressão atípica funciona de forma contrária. Além disso, alguns sintomas da depressão podem também variar de acordo com o organismo e hábitos do paciente. 

Pesquisadores estimam que cerca de 20% dos pacientes depressivos reclamam de sonolência excessiva. 

Os estudos sobre o assunto buscam entender os motivos para essa condição e dentre alguns fatores, especula-se que manter-se dormindo pode passar a falsa sensação para o paciente de que ele está conseguindo fugir de seus problemas. 

Homem sonolento deitado na cama.
A depressão provoca sonolência em excesso além de uma falsa sensação de fuga dos problemas.

Reconhecer os sintomas do excesso de sono de acordo com a condição que o acomete é importante para que o diagnóstico correto seja aplicado. Alguns sintomas podem ajudar a escolher qual o tipo de profissional da saúde pode ser procurado por você. 

  • Dormir muitas horas durante o dia, principalmente após o horário do almoço e acordar apenas após já ter anoitecido; 
  • Durante a noite, deixar de realizar hábitos comuns como assistir tv, comer, ler ou qualquer outra coisa que antes costumava fazer para simplesmente deitar e dormir; 
  • Escolher dormir sempre que tem momentos de folga. 

A depressão envolve diversas alterações no corpo de quem sofre dessa doença. Essas alterações afetam diretamente o modo de pensar, agir, sentir e de ser de quem sofre de um quadro depressivo. 

Cuidar do sono é muito importante, principalmente nessa condição, pois distúrbios do sono podem piorar ainda mais o quadro de depressão. Na dúvida, procure um bom profissional para orientá-lo da melhor forma.

Você suspeita que esta dormindo em excesso? Acredita que possa ser um quadro de depressão? Confira 30 sintomas mais comuns da depressão.

Histórias recentes

Postagens similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.