Mulher com sintomas de pressão alta.
|

Sintomas da Pressão Alta: conheça os 10 sinais mais comuns da hipertensão!

Sintomas de pressão alta como a visão embaçada, dor de cabeça, dor na nuca e tontura normalmente surgem quando os níveis de pressão aumentam rápido de mais, ocorrendo principalmente em situações de muito estresse, uso de medicamentos ou uso de drogas.

Em quadros de pressão alta, aonde os níveis de pressão arterial vão se elevando gradualmente devido a maus hábitos, não é comum a apresentação de sintomas, visto que o corpo acaba se adaptando a elevação gradual. Fato que justifica o título de doença silenciosa, ou seja, este tipo de hipertensão arterial não apresenta sintomas fáceis de identificar.

Em números gerais, adultos hipertensos entre os 30 e 79 anos aumentou de 650 milhões para 1.28 bilhões nos últimos 30 anos, segundo a primeira análise global das tendências de saúde sobre o tema, no Brasil o montante representa um terço da população.

Sendo uma doença democrática, a hipertensão atinge crianças, adultos e idosos de todas as classes, etnias e condições financeiras. Portanto, caso identifique os sintomas ou desconfie da possibilidade de ser um hipertenso, procure atendimento médico, para ser avaliado da melhor forma possível.

Mulher com pressão alta.
Mulher fazendo controle da pressão arterial.

O ideal é fazer a avaliação da pressão arterial de 2 a 4 vezes ao ano, medindo a pressão sanguínea com um aparelho próprio, em casa, farmácia ou posto de saúde mais próximo.  Os valores dos níveis de pressão arterial podem variar, dependendo da hora do dia, alimentação, medicação e até do esforço físico anterior a medicação.

Uma pessoa apesar dos sintomas de pressão alta, só pode ser considerara hipertensa, quando medido a pressão arterial em repouso, apresentar níveis iguais ou superior a 140x90mmHg ou como popularmente é descrito igual ou superior a 14 por 9.

Estar atento aos sintomas de hipertensão, pode ajudar a controlar a doença precocemente, além disso, diminui o risco de problemas vasculares, como AVC, ataque cardíaco, doenças renais crônicas, problemas de visão e impotência sexual.

Principais sintomas de pressão alta

Estar atento aos sintomas de pressão alta é muito importante, principalmente se você possui familiares com a doença, outro ponto importante a se observar, é que a doença esta direta ou indiretamente ligada a cerca de 300mil obtidos no Brasil anualmente, segundo o Ministério da Saúde.

Os sintomas de pressão alta são:

  1. Enjoo;
  2. Dor de cabeça;
  3. Dor na nuca;
  4. Sonolência;
  5. Zumbido no ouvido;
  6. Pequenos pontos de sangue nos olhos;
  7. Visão dupla ou embaçada;
  8. Dificuldade para respirar;
  9. Palpitações cardíacas;
  10. Cansaço incomum.

Os sintomas de hipertensão costumam surgir apenas quando os níveis da pressão sanguínea estão muito elevados, sendo assim, ao observar os sintomas em você ou alguém, procure o pronto-socorro imediatamente, pois suas complicações podem levar a morte.

Vale dizer que apesar de ser uma doença silenciosa, onde o corpo acaba se adaptando ao longo dos anos, dificultando o surgimento de sinais claros, a hipertensão é responsável por agravamentos graves na saúde, como insuficiência cardíaca, AVC e perda de visão, portanto, realize seu check-up com regularidade.

Reconheceu algum dos sintomas de pressão alta? No BoaConsulta você encontra os melhores médicos cardiologistas, agende sua consulta para avaliar o seu quadro de pressão alta.

O que fazer durante uma crise de pressão alta?

A pressão alta, normalmente só apresenta sintomas quando sobe abruptamente, se manifestando em sintomas como dor na nuca, dor de cabeça sonolência, falta de ar e visão dupla. Agora, saber como agir para ajudar a si próprio ou a outra pessoa é muito importante, confira as dicas abaixo.

Caso você já tenha recebido o diagnóstico, provavelmente seu médico já indicou a medicação de uso contínuo, portanto, ao notar a elevação da pressão, faça a ingestão da medicação prescrita e fique em repouso, procure relaxar.

Nos casos onde você ainda não foi diagnosticado, não sabe se é um quadro isolado ou não, procure o atendimento médico para receber as devidas orientações e tratamentos, caso seja necessário.

Caso você tenha como aferir sua pressão em casa ou na farmácia, e sua pressão se manter superior a 140/90 mmHg após o uso da medicação e repouso por cerca de 1h, recomenda-se procurar o hospital para ser administrado a medicação adequada, como anti-hipertensivos.

Mulher aferindo pressão arterial.
Mulher aferindo pressão arterial.

Existe também a possibilidade de você aferir seus níveis de pressão arterial, e a mesma se apresentar elevada, mas não resultar em sintomas físicos, nestes casos pode se tomar um copo de suco de laranja e fazer repouso por uma hora.  Se após esse período, ainda persistir os níveis elevados, procure o atendimento médico.

Quais os níveis de pressão arterial adequados?

Os níveis de pressão arterial adequados podem variar de pessoa para pessoa, considerando a idade, sexo e comorbidades. Os níveis recomendados são:

Mulheres:

  • 20 anos: 11×7;
  • 30 a 40 anos: 12×8;
  • 50 a 60 anos: 14×8;

Homens:

  • 20 anos: 12×7;
  • 30 a 40 anos: 12×8;
  • 50 a 60 anos: 14×8;

Em linhas gerais os quadros hipertensos são divididos em três níveis principais de pressão arterial.  O estágio I corresponde à pressão acima de 140/90 e abaixo de 160/100. O estágio II ocorre acima de 160/100 e abaixo de 180/110. Já o estágio III é marcado pela pressão acima de 180/110.

Qualquer perspectiva a esses níveis deve ser investigada, seja para receber tratamento ou para iniciar as mudanças de hábitos para prevenir a instalação do problema ou progressão.

Histórias recentes

Postagens similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.