Mulher com câncer de mama em fase terminal.
|

Quais os sintomas de câncer de mama em fase terminal e quais regiões do corpo o tumor pode atingir? Descubra tudo sobre esse assunto!

Embora os sintomas iniciais do câncer de mama passem despercebidos por algumas pacientes, quando a doença está em estágios mais avançados, é possível notar alguns sinais específicos que são considerados sintomas de alerta. Mas você conhece os sintomas de câncer de mama em fase terminal? Bom é sobre isso que iremos falar nesse post, continue lendo.

A fase terminal do câncer de mama ou qualquer outro câncer acontece quando a doença está em estágio 4 ou metastático, sendo a fase mais tardia do câncer. Quando descoberto nesse estágio, dificilmente a paciente consegue se curar, já que na maior parte dos quadros a doença já se disseminou para outras regiões além das mamas e linfonodos regionais, como pulmões, ossos, cérebro e fígado, por exemplo.

Veja a seguir quais são os sintomas do câncer de mama quando ele está em fase terminal!

Quais os sintomas de câncer de mama em fase terminal?

Quando o câncer de mama está em estágio terminal, a paciente já não sente os sintomas apenas nas mamas, e começa a ver sinais em todas as regiões do organismo atingidas.

Isso faz com que, além de nódulos nas mamas e dores nessa região, manchas, inversão de bico e secreções, a paciente pode desenvolver sintomas como:

Se o tumor se disseminou para os ossos

  • Inchaço no corpo;
  • anemia;
  • fadiga;
  • dor severa que aumenta com o tempo;
  • ossos que se quebram com facilidade;
  • excesso de cálcio no sangue;
  • compressão da medula espinhal.

Se o tumor se disseminou para o cérebro

  • distúrbios visuais;
  • dor de cabeça que não diminui ou constante;
  • náuseas;
  • vômitos;
  • convulsões;
  • dificuldades em falar corretamente;
  • alterações no comportamento;
  • mudanças repentinas na personalidade;
  • problemas de memória.

Se o tumor se disseminou para o fígado

  • anemia;
  • coloração amarelada na pele, conhecida como icterícia;
  • dor abdominal;
  • perda de apetite;
  • erupção e coceira na pele;
  • náuseas;
  • vômitos;
  • acúmulo de líquido na região abdominal.

Se o tumor se disseminou para o pulmão

  • acúmulo de líquido no espaço pleural do pulmão, conhecido como derrame pleural;
  • dores no peito;
  • perda de apetite;
  • perda de peso rápida;
  • falta de ar;
  • tosse crônica.

Como é feito o diagnóstico do câncer de mama em fase terminal?

O diagnóstico normalmente é feito da mesma forma do câncer em estágio inicial, por meio de raio-x, biópsia, ultrassonografia e mamografia. A diferença é que, caso o nódulo seja pequeno, inicia-se um tratamento para conter a evolução e progressão da doença, e as chances de cura são mais altas.

O diagnóstico de câncer de mama é feito através de exames clínicos.
O diagnóstico do câncer de mama é feito através do raio-x, biópsia, ultrassonografia e mamografia.

Mas caso, por meio desses exames, descobre-se um nódulo maior de 2 cm, o especialista poderá solicitar exames complementares para avaliar se o câncer se espalhou pelo corpo como a tomografia computadorizada, exame ósseo, exames de sangue, ressonância magnética, ultrassom do fígado e tomografia por emissão de pósitrons.

Como o câncer de mama em estágio terminal é tratado?

O tratamento do câncer de mama depende exclusivamente de quais são as outras regiões afetadas, e quão grave está o quadro do paciente. Normalmente, os tratamentos são feitos através de:

Cirurgias

A cirurgia é indicada para pacientes com tumores pequenos e quando a doença se disseminou para poucas regiões do corpo, prevenindo assim as fraturas ósseas e para bloquear as células cancerígenas no fígado, além de também ser usada para amenizar a dor e outros sintomas incômodos.

Quimioterapia

A quimioterapia é usada para destruir e enfraquecer as células cancerígenas por meio de substâncias que são injetadas ou tomadas via oral pelo paciente, sendo usada como forma de tratamento por tempo indeterminado em quem está em estágio 4 de câncer de mama.

Hormonoterapia

Outro tratamento bastante recorrente para o câncer de mama é a hormonoterapia, já que na maioria dos quadros as células mamárias se ligam ao estrogênio, um hormônio feminino que ajuda com que elas cresçam. Com esse tratamento, a ligação entre ambos é impedida, para controlar e evitar o crescimento progressivo do câncer.

Radioterapia

A radioterapia é um tratamento no qual uma máquina emite radiação diretamente na região em que o câncer atingiu e é usada especialmente quando o câncer já chegou até os ossos para aliviar a dor, além de também ser eficaz na melhora da respiração e para diminuir as chances de fraturas devido ao enfraquecimento dos ossos.

Quando o tumor aumenta a pressão exercida sob um nervo, a radioterapia também pode ser usada como forma de tratamento eficaz.

Todo paciente em estágio terminal deve ser internado?

A indicação é que todos os pacientes que estejam em fase terminal de qualquer câncer, incluindo o câncer de mama, sejam internados para receber o tratamento adequado, garantindo assim uma qualidade de vida melhor.

Isso porque, infelizmente pacientes diangositcados tardiamente com câncer de mama possuem uma chance de cura muito baixa em relação a diagnósticos precoces, que podem chegar a 95% de cura, sendo esse um dos maiores indicados de que realizar o autoexame e a mamografia seja importante como forma de combate ao câncer de mama.

O que é o autoexame?

O autoexame é um exame de palpação feito em casa pela própria paciente, e é indicado para mulheres a partir dos 18 anos de idade para garantir que qualquer anormalidade nos seios seja relatada a um profissional, que investigará a causa e poderá até mesmo diagnosticar um câncer de mama precocemente.

Realizar o autoexame ou palpação da mama pode ajudar no diagnóstico de nódulos cancerígenos.
Mulher realizando o autoexame de mama.

Ele deve ser feito todos os meses 5 dias depois da menstruação, ou em um dia específico todos os meses quando a mulher já estiver na menopausa.

Aprender a identificar algo de errado na mama é fundamental para a prevenção e descoberta precoce

Agora que você viu quais são os sintomas de câncer de mama em fase terminal, é importante que você esteja em dia com suas consultas e exames, e faça mensalmente seu autoexame para garantir um diagnóstico precoce do câncer de mama, especialmente se você tiver histórico de câncer de mama na família. Afinal, quanto mais você conhecer seu corpo, mais fácil fica de identificar qualquer sinal de que há algo de errado com suas mamas.

Suspeita de câncer de mama? Aqui no BoaConsulta você encontra os melhores Médicos Oncologistas e Médicos Mastologista especialistas em câncer de mama! Agende sua consulta online através do nosso aplicativo.

Histórias recentes

Postagens similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.