Na imagem, dentro de um consultório médico, estão dois homens: um médico e um paciente.

Suspeita de hepatite? Veja o que perguntar a um hepatologista em São Paulo!

Cuidar da sua saúde e bem-estar significa dar atenção a todas as partes do seu corpo, portanto, ao primeiro sinal de algum problema, você deve procurar um médico especializado naquela área. Por exemplo: o hepatologista, especialista que cuida do fígado. Ao contrário do que se pode pensar, esse profissional não trata somente da hepatite, mas de outras condições como esteatose e cirrose.

Em julho, temos o Dia Mundial do Combate à Hepatite, por isso, criamos este conteúdo para você! Trata-se de um tema muito interessante e que ainda é motivo de dúvidas para muitas pessoas. Quer saber o que perguntar quando se consultar com um hepatologista em São Paulo? Acompanhe nosso post!

Como o hepatologista pode me ajudar?

De acordo com o resultado dos seus exames de sangue ou sintomas apresentados, você será encaminhado para um hepatologista. Esse profissional faz o tratamento e a prevenção das doenças do fígado.

Por isso, mesmo que você não esteja com nenhum problema no fígado neste momento, uma consulta com esse especialista servirá para tirar todas as suas dúvidas sobre doenças hepáticas, formas de prevenção etc.

Tenho gordura no fígado, o que fazer?

Muitas pessoas têm algum grau de esteatose hepática, a chamada gordura no fígado, inclusive quem não sofre de obesidade ou não precisa perder peso. A alimentação tem grande influência nessa condição, que também pode ser genética.

É necessário consultar o hepatologista para compreender a origem do problema, determinar qual é a gravidade e verificar a melhor forma de tratamento.

Quem deve fazer o teste para hepatite?

As hepatites B e C são transmitidas por relações sexuais e sangue contaminado. É fundamental tomar as vacinas, mas os testes devem ser feitos por todas as gestantes e por quem apresentar sintomas típicos.

Os principais sintomas são extremo cansaço, pele ou olhos amarelados, perda de apetite e dores nas articulações. Um simples exame de sangue pode diagnosticar a doença.

É possível ter cirrose sem abuso de álcool?

Sim. O consumo excessivo de álcool é só uma das possíveis causas da cirrose hepática. Outras razões para o problema são algumas doenças crônicas, como Doença de Wilson e Síndrome de Budd-Chiari, hepatite autoimune, hepatites virais B e C e doenças hepáticas relacionadas ao excesso de gordura.

Se você notar qualquer sintoma estranho relacionado ao fígado, consulte-se com um hepatologista para verificar qual a origem desse mal.

Como identificar problemas no fígado?

Além de olhos e pele com tons amarelados, é possível notar alguns desequilíbrios no seu corpo que podem indicar problemas hepáticos. São eles: hematomas frequentes, urina escura e dor no lado direito do corpo, acima da barriga.

Outros sintomas que podem ter diversas causas, mas que também estão relacionados a doenças do fígado são: inchaço abdominal, enjoos e náuseas e dor de cabeça frequente.

Você está precisando de um hepatologista em São Paulo? Tem pressa para ser atendido e não quer passar primeiro por outro médico? No BoaConsulta, é possível escolher entre centenas de especialistas, com agendamento rápido pelo site ou app e horários diversificados! Para saber mais, é só entrar em contato conosco!

Histórias recentes

Postagens similares

8 Comments

  1. Oi paz e Bem.
    Meu convênio é íamsp.
    Tô olhos amarelos náuseas cansaço boca amarga seca .
    Qual médico devo ir?
    Me ajude

  2. Equipe Boa Consulta disse:

    Olá Marta.
    Em casos de suspeita de hepatite, recomendamos que procure o hepatologista.
    Aqui no BoaConsulta você encontra os melhores médicos hepatologistas.

  3. Boa tarde tudo bem? tenho hemangioma múltiplos no fígado o que devo fazer ,por me ajuda.
    Obrigada

  4. Equipe Boa Consulta disse:

    Olá! Ivani.

    O tratamento para hemangioma no fígado deve ser orientado por um hepatologista, mas normalmente só é feito quando o paciente apresenta sintomas como dor abdominal ou vômitos constantes, quando há dúvidas de que o hemangioma possa ser um tumor maligno ou quando há risco de rompimento dos vasos com sangramento.

  5. MARINALVA Santos disse:

    Fiz uma tomografia e deu sinais sugestivo de hepatopatia crônica incidente … Isso só é calsada pela relação sexual por favor me responde

  6. Boa tarde meus exames constaram que estou com hepatite c e a dúvida se pega ou não pelo ato sexual??? Posso ter pegado de alguém transmitido ?

  7. Equipe Boa Consulta disse:

    Olá! Como vai Ana?
    A Hepatite C não é transmissível através do ato sexual.

    O vírus da hepatite C transmite-se, principalmente, por via sanguínea, bastando uma pequena quantidade de sangue contaminado para transmiti-lo, se este entrar na corrente sanguínea de alguém através de um corte ou uma ferida, ou na partilha de seringas.

    Mas no caso de dúvidas é sempre bom realizar exames.

  8. Equipe Boa Consulta disse:

    Olá!
    Marinalva, a hepatopatia crônica incidente não é transmitida pela relação sexual.
    Dentre suas múltiplas causas, as principais são: infecção pelos vírus das hepatites B e C, hepatite causada pelo consumo excessivo de álcool e acúmulo de gordura no órgão (esteatose hepática não alcoólica).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.